A MORTE DE HERODES


  • Herodes manda matar Tiago
  • Pedro é preso por Herodes
  • Um anjo liberta Pedro da prisão



Por aquele mesmo tempo, o rei Herodes mandou prender alguns membros da igreja para os maltratar.
Assim foi que matou à espada Tiago, irmão de João.
Vendo que isso agradava aos judeus, decidiu prender também Pedro. Eram os dias da Festa dos Pães sem Fermento.
Mandou prendê-lo e lançou-o no cárcere, entregando-o à guarda de quatro grupos, de quatro soldados cada um, com a intenção de apresentá-lo ao povo depois da Páscoa.
E Pedro estava bem guardado na prisão. Entretanto, na igreja fazia-se incessante oração a Deus por ele.
Herodes estava para apresentar Pedro. Nessa mesma noite, Pedro dormia entre dois soldados. Estava preso com duas correntes, e os guardas vigiavam a porta da prisão.
De repente, apareceu o anjo do Senhor, e a cela ficou toda iluminada. O anjo tocou o ombro de Pedro, o acordou, e lhe disse: "Levanta-te depressa." As correntes caíram das mãos de Pedro.
O anjo disse-lhe: "Toma o teu cinto e calça as tuas sandálias." Ele assim fez. E disse-lhe: "Põe sobre ti a tua capa e segue-me."
E saindo, seguia-o e, sem saber se o que se operava por intermédio do anjo era realmente assim, pois julgava estar tendo uma visão.
Depois de passarem pela primeira e segunda guarda, chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade. O portão se abriu sozinho. Eles saíram, entraram numa rua, e logo depois o anjo o deixou.
E Pedro, tornando a si, disse: "Agora, sei, verdadeiramente, que o Senhor enviou o seu anjo e me livrou da mão de Herodes e de tudo o que o povo dos judeus esperava."
Depois de um momento de reflexão, foi a casa de Maria, mãe de João, que tem por sobrenome Marcos, onde estavam muitos reunidos em oração.
Mas quando bateu à porta, foi ver quem era uma moça chamada Rodes,
a qual, logo que reconheceu a voz de Pedro, alvoroçada não abriu logo a porta; mas correndo para dentro, foi dar a nova de que Pedro estava à porta.
"Estás louca!" disseram eles. Como ela afirmava, sem hesitar, que era verdade, disseram: "É o seu anjo."
Entretanto, Pedro continuava a bater. E depois de lhe terem aberto a porta, então o reconheceram cheios de admiração.
E, acenando-lhes ele com a mão para que se calassem, contou-lhes como o Senhor o tirara da prisão e disse: "Anunciai isto a Tiago e aos irmãos." E, saindo, partiu para outro lugar.
E, sendo já dia, houve não pouco alvoroço entre os soldados sobre o que seria feito de Pedro.
Como Herodes o tivesse mandado buscar e não o encontrassem, submeteu os guardas a um interrogatório e mandou-os matar. Deixou, em seguida, a Judéia, desceu para Cesaréia e por ali se demorou.
Herodes estava enfurecido com os habitantes de Tiro e de Sidônia. Estes, de comum acordo, apresentaram-se diante dele e, depois de terem ganhado Blasto, camareiro do rei, para sua causa, pediram a paz, porque o seu país era abastecido pelo rei.
No dia marcado, Herodes revestido com um traje real e sentado na tribuna dirigiu-lhes um grande discurso.
E o povo exclamava: "Voz de Deus, e não de homem."
No mesmo instante, o anjo do Senhor o feriu, por ele não haver dado honra a Deus. E roído de vermes, expirou.
E a Palavra de Deus crescia e se multiplicava.

(Atos 12:1-24)


Não se fará mal nem dano algum em todo o Monte da minha santidade, porque a Terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.

(Isaías 11:9)


Amados, não creais em todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.
Nisto conhecereis o Espírito de Deus; todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;
e todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que está já no mundo.

(1João 4:1-3) João Evangelista


Que ninguém, de modo algum, vos engane; antes há de vir a apostasia e há de manifestar-se o homem da iniquidade, o filho da perdição,
o qual se oporá e se elevará sobre tudo o que se chama Deus ou que é adorado, de sorte que se sentará no Templo de Deus, apresentando-se como se fosse Deus.

(2Tessalonicenses 2:3-4) Paulo


Só então se manifestará o ímpio. O Senhor Jesus o destruirá com o sopro de sua boca e o aniquilará com o esplendor da sua vinda.
A vinda do ímpio vai acontecer graças ao poder de Satanás, com todo o tipo de falsos milagres, sinais e prodígios.
Assim como de todas as seduções que o mal oferece àqueles que se perdem, por não terem aberto os seus corações ao amor da verdade, que os poderia ter salvo.
Por isso Deus lhes enviará o artifício do erro, de tal modo que creiam na mentira,
para que sejam condenados todos os que não deram crédito à verdade mas se comprazeram na iniquidade.

(2Tessalonicenses 2:8-12) Paulo


Jesus continuou: "Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de uma vasilha ou debaixo de uma cama? Não a coloca num candeeiro?
Porque nada há oculto que não deva ser descoberto, nada secreto que não deva ser publicado.
Se alguém tem ouvidos para entender, entenda."

(Marcos 4:21-23)



Os Ídolos de Pedra e os Ídolos de Ouro >>
Menu
Menu Principal
<< Jesus Purifica o Templo

^