A PEDRA FUNDAMENTAL
(Os Mandamentos de Deus)


  • Os Mandamentos escritos na pedra e entregue a Moisés
  • Deus manda Moisés construir uma arca para por os seus Mandamentos dentro
  • Davi conquista a fortaleza de Sião
  • Davi traz a Arca da Aliança para a fortaleza de Sião
  • Deus transforma a sua Palavra em um homem para habitar entre nós
  • Os maus lavradores - os maus construtores
  • Jesus só voltará a beber do fruto da videira no Reino de Deus
  • Deus revela para Pedro que Jesus é o Filho dele
  • O sonho de Jacó
  • Deus não habita em Templos construídos segundo os conceitos humanos



Então, falou Deus todas estas Palavras, dizendo:
“Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
Não terás outros deuses diante de mim.
Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
Não te prostrarás diante delas e não lhes prestarás culto. Eu sou o Senhor, teu Deus, um Deus zeloso, que vingo a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.
Mas uso de misericórdia até a milésima geração com aqueles que me amam e guardam os Meus Mandamentos.
Não tomarás o Nome do Senhor, teu Deus, em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o Seu Nome em vão.
Lembra-te do dia do Sábado, para o santificar.
Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra,
mas o sétimo dia é o Sábado do Senhor, teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro que está dentro das tuas portas.
Porque o Senhor fez em seis dias o céu, a terra e o mar, e tudo o que neles há, e descansou ao sétimo dia; por isso o Senhor abençoou o dia de Sábado e o santificou.

Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá.
Não matarás.
Não cometerás adultério.
Não furtarás.
Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.
Não cobiçarás a casa do teu próximo; não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo."
Ora, todo o povo ouvia os trovões e o som da trombeta, e via os relâmpagos e monte fumegando. Aterrorizados a abalados com o pavor, pararam ao longe,
dizendo a Moisés: “Fala-nos tu, e nós ouviremos; não nos fale o Senhor, não suceda morrermos.”
Moisés respondeu-lhe: “Não temais, porque é para vos provar que Deus veio e para que o seu temor, sempre presente aos vossos olhos, vos preserve de pecar.”
E o povo conservou-se à distância, enquanto Moisés se aproximava da nuvem onde se encontrava Deus.
Então disse o Senhor a Moisés: “Assim dirás aos filhos de Israel: Vós tendes visto que eu falei convosco desde os céus.
Não fareis para vós deuses de prata, nem deuses de ouro.”

(Êxodo 20:1-23)


Tendo o Senhor acabado de falar a Moisés sobre o Monte Sinai, entregou-lhe as duas tábuas da Aliança; eram tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus.

(Êxodo 31:18)


Faça uma arca de madeira de acácia, com cento e vinte e cinco centímetros de comprimento, por setanta e cinco de largura e setenta e cinco de altura.
Revista a arca com ouro puro, por dentro e por fora; e, ao seu redor, aplique uma moldura de ouro.
Funda para ela quatro argolas de ouro, para colocar nos quatro cantos inferiores da arca.
Faça também varais de madeira de acácia e revista-os de ouro,
e os farás passar por dentro das argolas que estão aos lados da arca, a fim de que sirvam para a transportar.
Os varais ficarão colocados nas argolas da arca e nunca serão tirados.
Dentro da arca coloque o Documento da Aliança, que eu te darei.
Faça também uma placa de ouro puro, com cento e vinte e cinco de centímetros de comprimento, por setanta e cinco de largura.
Nas duas extremidades da placa, faça dois querubins de ouro batido;
cada um sairá de um extremo da placa e
a cobrirão com as asas estendidas para cima. Estarão um diante do outro, olhando para o centro da placa.
Cubra a arca com a placa, e dentro guarde o Documento da Aliança que eu te darei.
Ali virei ter contigo, e é de cima da tampa, do meio dos querubins que estão sobre a Arca da Aliança, que te darei todas as minhas ordens para os israelitas.

(Êxodo 25:10-22)


Moisés servo do Senhor, morreu ali na terra de Moab, segundo a ordem do Senhor.
E ele o enterrou no vale da terra de Moab, defronte de Bet-Fogor, e ninguém jamais soube o lugar do seu sepulcro.

(Deuteronômio 34:5-6)


Foi Davi com todo o Israel contra Jerusalém, isto é Jebus, onde estavam os jebuseus, habitantes da Terra.
Os jebuseus disseram a Davi: “Aqui tu não entrarás." Mas Davi apoderou-se da fortaleza de Sião, isto é, da Cidade de Davi.
Porque disse Davi: “Qualquer que primeiro ferir os jebuseus será chefe e maioral." Então Joabe de Zeruia, subiu primeiro a ela, pelo que foi feito chefe.
Davi instalou-se na fortaleza; é por isso que a chamaram Cidade de Davi.
Edificou a cidade ao redor, desde Milo até completar o circuito; e Joabe renovou o resto da cidade.
Davi fazia progressos, adiantando-se e fortalecendo-se, e o Senhor dos Exércitos era com ele.

(1Crônicas 11:4-9)


Hiram, rei de Tiro, enviou uma baixada a Davi, com madeira de Cedro, carpinteiros e pedreiros, para construir um palácio para Davi.
E entendeu Davi que o Senhor o confirmava rei sobre Israel e que exaltara o seu reino por amor do seu povo.

(2Samuel 5:11-12)


Ora Davi teve conselho com os tribunos, centuriões e com todos os príncipes,
e disse Davi a toda a congregação de Israel: "Se bom vos parece e se vem isso do Senhor, Nosso Deus, enviemos depressa mensageiros a todos os nossos outros irmãos em todas as terras de Israel, e aos sacerdotes, e aos levitas com eles nas cidades e nos seus arrabaldes, para que se ajuntem conosco;
e reconduzamos para nós a Arca do Nosso Deus, já que nós não a buscamos no tempo de Saul."
Então, disse toda a congregação que assim se fizesse; porque esse negócio pareceu reto aos olhos de todo o povo.
Davi convocou todo o Israel, desde o Sior no Egito até a entrada de Emat, a fim de trazer de Cariatiarim a Arca de Deus.

(1Crônicas 13:1-5)


Davi construiu para si um palácio na Cidade de Davi. E para a Arca de Deus, ele ergueu uma tenda.

(1Crônicas 15:1)


Davi reuniu de novo todo o escol, ou seja trinta mil homens,
Davi levantou-se e partiu com toda a gente da tribo de Judá, que estavam com ele, para transportar a Arca de Deus, sobre a qual é invocado o Nome do Senhor dos Exércitos, que tem o seu assento sobre ela entre os querubins.
Puseram a Arca de Deus sobre um carro novo e levaram-na...

(2Samuel 6:1-3a)


E, introduzindo a Arca do Senhor, a puseram no seu lugar; na tenda que Davi lhe armara e ofereceu Davi holocaustos e ofertas pacíficas perante o Senhor.
E, tendo acabado de oferecer os holocaustos e as vítimas pacíficas, abençoou o povo em Nome do Senhor dos Exércitos.

(2Samuel 6:17-18)


Convocou, pois, Davi em Jerusalém todos os príncipes de Israel, os chefes das tribos, os comandantes das divisões que serviam ao rei, também os tribunos, centuriões, os administradores da fazenda e possessões do rei, seus filhos com os eunucos e os mais poderosos e valorosos do exército.
O rei Davi, de pé, disse-lhe: "Escutai-me, meus irmãos e meu povo. Tinha eu a intenção de construir uma residência para a Arca da Aliança do Senhor e o escabelo dos pés de Nosso Deus.
Porém Deus me disse: Não edificarás casa ao Meu Nome, porque..."

(1Crônicas 28:1-3a)


... assim diz o Senhor Jeová: “Eis que eu assentei em Sião, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.”

(Isaías 28:16b)


Enviai, Senhor, o Cordeiro Dominador da Terra, da pedra do deserto ao Monte da Filha de Sião.

(Isaías 16:1)


No princípio, era o VERBO, e o VERBO estava com Deus, e o VERBO ERA DEUS.
Ele estava no princípio junto de Deus.

(João 1:1-2)


E o VERBO se fez homem e habitou entre nós...

(João 1:14a)


E, no primeiro dia da Festa dos Pães Asmos, chegaram os discípulos junto de JESUS, dizendo: “Onde queres que preparemos a ceia pascal?”
Ele respondeu: “Ide à cidade, à casa de um certo homem e dizei-lhe: O Mestre manda dizer: O meu tempo está próximo; é em tua casa que quero celebrar a Páscoa com os meus discípulos.”
E os discípulos fizeram como Jesus lhes ordenara e prepararam a Páscoa.
E, chegada a tarde, assentou-se à mesa com os doze.
E, enquanto eles comiam, disse: “Em verdade vos digo que um de vós me há de trair.”
E eles, entristecendo-se muito, começaram um por um a dizer-lhe: “Porventura, sou eu, Senhor?”
E ele, respondendo, disse: “O que mete comigo a mão no prato, esse me há de trair.”
Em verdade o Filho do Homem vai, como acerca dele está escrito, mas ai daquele homem por quem o Filho do Homem é traído! Bom seria para esse homem se não houvera nascido.”
Judas, o traidor, tomou a palavra e perguntou: “Porventura sou eu, Rabi?” ”Tu o disseste," respondeu Jesus.
Enquanto comiam. tomou Jesus o pão e, depois de pronunciar a bênção, partiu-o e deu-o aos seus discípulos, dizendo: "Tomai e comei: isto é meu corpo."
E, tomando o cálice e dando graças, deu-lho, dizendo: "Bebei dele todos.
Porque isto é o meu sangue, o sangue da Nova Aliança, que será derramado por muitos para remissão dos pecados.
E digo-vos: Desta hora em diante não beberei mais deste fruto da videira até àquele dia, em que o beberei de novo convosco no Reino de Meu Pai."

(Mateus 26:17-29)


E começou a falar-lhes por parábolas: "Um homem plantou uma vinha, e cercou-a de um valado, e fundou nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e partiu para fora da terra.
E chegando o tempo, mandou um servo aos lavradores para que recebesse, dos lavradores do fruto da vinha.
mas este, apoderando-se dele, o feriram e o mandaram embora vazio.
E tornou a enviar-lhes outro servo; e eles, apedrejando-o, o feriram na cabeça e o mandaram embora vazio.
Tornou a enviar mais outro, e o mataram. Ainda muitos outros enviou, dos quais feriram a uns, e a outros mataram.
Mas como tivesse ainda um filho, a quem muito amava, também lho enviou por último, dizendo: "Terão respeito a meu filho."
Porém os lavradores disseram uns para com os outros: "Este é o herdeiro: vinde, matemo-lo e será nossa a herança."
E prendendo-o, o mataram e o lançaram fora da vinha.
Que fará pois o senhor da vinha? Virá e exterminará os lavradores; e dará a vinha a outros.
Não lestes esta passagem da Escritura: A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se pedra angular;
tudo isso é obra do Senhor e é admirável aos nossos olhos?"

Eles procuravam prendê-lo, mas temiam a multidão; tinham percebido perfeitamente que a parábola fora dita para os atingir. Deixando-o, retiraram-se.

(Marcos 12:1-12)


Mas também estes erram por causa do vinho e com a bebida forte se desencaminham; até o sacerdote e o profeta erram por causa da bebida forte; são absorvidos do vinho, desencaminham-se por causa da bebida forte, andam errados na visão e tropeçam no juízo.
Porque todas as suas mesas estão cheias de vômitos e de imundícia, não há nenhum lugar limpo.
A quem, pois, se ensinaria a sabedoria? A quem quer fazer compreender as revelações? A meninos apenas desmamados que acabam de deixar o seio?
Porque é mandamento sobre mandamento, regra sobre regra - um pouco aqui, um pouco ali.
Pelo que, por lábios estranhos e por outra língua, falará a este povo,
ao qual disse: Aqui é o meu descanso, reparai as forças do que está fatigado, e este é o meu refrigério; e eles não quiseram ouvir-me.
Assim, pois, a PALAVRA DO SENHOR lhes será mandamento sobre mandamento, mandamento e mais mandamento, regra sobre regra, regra e mais regra; um pouco aqui, um pouco ali; para que vão e caiam para trás, fiquem esmigalhados, metidos no laço e presos.
Por esta causa ouvi a PALAVRA DO SENHOR, homens escarnecedores, que dominam sobre o meu povo, que está em Jerusalém.
Porque vós dissestes: "Nós fizemos um concerto com a morte, fizemos um pacto com o inferno. Quando passar o flagelo da inundação, não virá sobre nós, porque pusemos a nossa confiança na mentira e pela mentira fomos protegidos."
Portanto, assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.

(Isaías 28:7-16)


Depois do canto dos Salmos...

(Mateus 26:30a)


A pedra rejeitada pelos edificadores esta foi posta por pedra angular.
Foi o Senhor que nos fez isto, e é uma maravilha aos nossos olhos.
Este é o dia que fez o Senhor; regozijemos nos e alegremos nele.

(Salmos (117)118:22-24)


... dirigiram-se eles para o Monte das Oliveiras.

(Mateus 26:30b)


E, quando Jesus ia saindo do Templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do Templo.
Mas ele, respondendo, disse-lhes: "Vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada."

E indo ele assentar-se no Monte das Oliveiras, achegaram-se os discípulos e, estando a sós com ele, perguntaram-lhe: "Quando acontecerá isto? E qual será o sinal de tua volta e do fim do mundo?"
E Jesus, respondendo, disse-lhes: "Acautelai-vos, que ninguém vos engane,
porque muitos virão em MEU NOME, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.

(Mateus 24:1-5)


... e o NOME pelo qual se chama é a PALAVRA DE DEUS.

(Apocalipse 19:13b)



Página 2 >>
Menu
Menu Principal
<< O Castigo é Inevitável

^