A SECA E A FOME


  • Deus faz uma Aliança com Noé
  • Deus prometeu não destruir mais suas criaturas pelas águas
  • Jesus sentiu sede e lhe deram vinagre
  • A fome e a seca por causa da idolatria
  • Deus criou os céus e a chuva e o povo adora as estátuas



Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na Terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente.
Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na Terra, e isso lhe pesou no coração.

E disse o Senhor: "Destruirei da face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; porque me arrependo de os haver feito."
Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor.
Estas são as gerações de Noé. Era homem justo e perfeito em suas gerações, e andava com Deus.
Noé teve três filhos: Sem, Cam e Jafet.
A Terra, porém, estava corrompida diante de Deus, e cheia de violência.
Viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque toda a carne havia corrompido o seu caminho sobre a Terra.
Então disse Deus a Noé: "O fim de toda carne é chegado perante mim; porque a Terra está cheia da violência dos homens; eis que os destruirei juntamente com a terra.

Faze para ti uma arca de madeira de gôfer: farás compartimentos na arca, e a revestirás de betume por dentro e por fora."

(Gênesis 6:5-14)


Depois disse o Senhor a Noé: "Entra na arca, tu e toda a tua casa, porque tenho visto que és justo diante de mim nesta geração.
De todos os animais limpos levarás contigo sete e sete, o macho e sua fêmea; mas dos animais que não são limpos, dois, o macho e sua fêmea;
também das aves do céu sete e sete, macho e fêmea, para se conservar em vida sua espécie sobre a face de toda a Terra.
Porque, passados ainda sete dias, farei chover sobre a terra quarenta dias e quarenta noites, e exterminarei da face da Terra todas as criaturas que fiz."
E Noé fez segundo tudo o que o Senhor lhe ordenara.
Tinha Noé seiscentos anos de idade, quando o dilúvio veio sobre a terra.
Noé entrou na arca com seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos, por causa das águas do dilúvio.

(Gênesis 7:1-7)


Veio o dilúvio sobre a terra durante quarenta dias; e as águas cresceram e levantaram a arca, e ela se elevou por cima da terra.
Prevaleceram as águas e cresceram grandemente sobre a terra; e a arca vagava sobre as águas.
As águas prevaleceram excessivamente sobre a terra; e todos os altos montes que havia debaixo do céu foram cobertos.
Quinze côvados acima deles prevaleceram as águas; e assim foram cobertos.
Pereceu toda a carne que se movia sobre a terra, tanto ave como gado, animais selvagens, todo réptil que se arrasta sobre a terra, e todo homem.
Tudo o que tinha fôlego do espírito de vida em suas narinas, tudo o que havia na terra seca, morreu.
Assim foram exterminadas todas as criaturas que havia sobre a face da terra, tanto o homem como o gado, o réptil, e as aves do céu; todos foram exterminados da terra; ficou somente Noé, e os que com ele estavam na arca.
E prevaleceram as águas sobre a terra cento e cinquenta dias.

(Gênesis 7:17-24)


Deus lembrou-se de Noé, de todos os animais e de todo o gado, que estavam com ele na arca; e Deus fez passar um vento sobre a terra, e as águas começaram a diminuir.
Cerraram-se as fontes do abismo e as janelas do céu, e a chuva do céu se deteve;
as águas se foram retirando de sobre a terra; no fim de cento e cinquenta dias começaram a minguar.
No sétimo mês, no dia dezessete do mês, repousou a arca sobre os montes de Arará.

(Gênesis 8:1-4)


No ano seiscentos e um, no mês primeiro, no primeiro dia do mês, secaram-se as águas de sobre a terra. Então Noé tirou a cobertura da arca: e olhou, e eis que a face da terra estava enxuta.
No segundo mês, aos vinte e sete dias do mês, a terra estava seca.
Então falou Deus a Noé, dizendo:
"Sai da arca, tu, e juntamente contigo tua mulher, teus filhos e as mulheres de teus filhos. Todos os animais que estão contigo, de toda a carne, tanto aves como gado e todo réptil que se arrasta sobre a terra, traze-os para fora contigo; para que se reproduzam abundantemente na terra, frutifiquem e se multipliquem sobre a terra."
Então saiu Noé, e com ele seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos;
todo animal, todo réptil e toda ave, tudo o que se move sobre a terra, segundo as suas famílias, saiu da arca.
Edificou Noé um altar ao Senhor; e tomou de todo animal limpo e de toda ave limpa, e ofereceu holocaustos sobre o altar.
Sentiu o Senhor o suave cheiro e disse em seu coração: "Não tornarei mais a amaldiçoar a terra por causa do homem; porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice; nem tornarei mais a ferir todo vivente, como acabo de fazer.
Enquanto a terra durar, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite."

(Gênesis 8:13-22)


Abençoou Deus a Noé e a seus filhos, e disse-lhes: "Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra.
Terão medo e pavor de vós todo animal da terra, toda ave do céu, tudo o que se move sobre a terra e todos os peixes do mar; nas vossas mãos são entregues.
Tudo quanto se move e vive vos servirá de mantimento, bem como a erva verde; tudo vos tenho dado.
A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis.
Certamente requererei o vosso sangue, o sangue das vossas vidas; de todo animal o requererei; como também do homem, sim, da mão do irmão de cada um requererei a vida do homem.
Quem derramar sangue de homem, pelo homem terá o seu sangue derramado; porque Deus fez o homem à sua imagem.
Mas vós frutificai, e multiplicai-vos; povoai abundantemente a terra, e multiplicai-vos nela."
Disse também Deus a Noé e as seus filhos:
“Vou fazer uma Aliança convosco e com vossa posteridade,
assim como com todos os seres vivos que estão convosco: as aves, os animais domésticos, todos os animais selvagens que estão convosco, desde todos aqueles que saíram da arca até todo animal da terra.
Faço esta Aliança convosco: nenhuma criatura será destruída pelas águas do dilúvio, e não haverá mais dilúvio para devastar a terra.”
Deus disse: “Eis o sinal da Aliança que eu faço convosco e com todos os seres vivos que vos cercam, por todas as gerações futuras:
Ponho o meu arco nas nuvens, para que ele seja o sinal da Aliança entre mim e a terra.
Quando eu tiver coberto o céu de nuvens por cima da terra, o meu arco aparecerá nas nuvens,
e me lembrarei da Aliança que fiz convosco e com todo ser vivo de toda espécie, e as águas não causarão mais dilúvio que extermine toda criatura.
Quando eu vir o arco nas nuvens, eu me lembrarei da Aliança eterna estabelecida entre Deus e todos os seres vivos de toda espécie que estão sobre a terra.”
Dirigindo-se a Noé, Deus acrescentou: “Este é o sinal da Aliança que faço entre mim e todas as criaturas que estão na terra.”

Os filhos de Noé que saíram da arca eram Sem, Cam e Jafet. Cam era o pai de Canaã.
Estes três foram os filhos de Noé; e destes foi povoada toda a Terra.
E começou Noé a cultivar a terra e plantou uma vinha.
Bebeu do vinho, e embriagou-se; e achava-se nu dentro da sua tenda.
Cam, o pai de Canaã, vendo a nudez de seu pai, saiu e foi contá-lo aos seus irmãos.
Mas, Sem e Jafet, tomando uma capa, puseram-na sobre os seus ombros e foram cobrir a nudez de seu pai, andando de costas; e não viram a nudez de seu pai, pois que tinham os seus rostos voltados.
Despertado que foi Noé do seu vinho, soube o que seu filho mais moço lhe fizera;
e disse: "Maldito seja Canaã..."

(Gênesis 9:1-25a)


E, ao terceiro dia, fizeram-se umas Bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.
E foram também convidados Jesus e os seus discípulos para as Bodas.
E, faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: "Não tem vinho."
Disse-lhe Jesus: “Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora."

(João 2:1-4)


...e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.

(Apocalipse 19:13b)


E, havendo o Cordeiro aberto um dos selos, olhei e ouvi um dos quatro animais, que dizia, como em voz de trovão: “Vem e vê!”
E olhei, e eis um Cavalo Branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso e para vencer.
E, havendo aberto o segundo selo, ouvi o segundo animal, dizendo: “Vem e vê!”
E saiu outro Cavalo Vermelho; e ao que estava montado sobre ele foi-lhe dado poder para tirar a paz de sobre a Terra, e para que se matassem uns aos outros. E foi-lhe dada uma grande espada.
E, havendo aberto o terceiro selo, ouvi o terceiro animal, dizendo: “Vem e vê” E olhei, e eis um Cavalo Preto; e o que sobre ele estava assentado tinha uma balança na mão.
E ouvi uma voz no meio dos quatro animais, que dizia: “Uma medida de trigo por um dinheiro; e três medidas de cevada por um dinheiro; e não danifiques o azeite e o vinho.”

(Apocalipse 6:1-6)


À espada as suas águas, para que se esgotem! Porquanto é uma terra de ídolos, de gente apaixonada por seus espantalhos!

(Jeremias 50:38)


E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de pano de saco.
Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus da Terra.
E, se alguém lhes quiser fazer mal, fogo sairá da sua boca e devorará os seus inimigos; e, se alguém lhes quiser fazer mal, importa que assim seja morto.
Estas tem poder para fechar o céu, para que não chova nos dias da sua profecia; e tem poder sobre as águas para convertê-las em sangue...

(Apocalipse 11:3-6b)


Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, e os levou sozinhos a um monte alto e afastado. E transfigurou-se diante deles.
E as suas vestes tornaram-se resplandecentes, em extremo brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a Terra as poderia branquear.
E lhes apareceu Elias com Moisés a falar com Jesus.
Pedro tomou então a palavra e disse a Jesus: “Mestre, é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias."
Porque não sabia o que dizer, tão grande era o pavor que os dominava.
E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz, que dizia: “Este é Meu Filho Amado; a ele ouvi.”

(Marcos 9:2-7)


Não julgueis que vim destruir a Lei e os profetas Não vim destruí-los, mas dar-lhes cumprimento.
Porque na verdade eu vos digo: Enquanto não passar o céu e a Terra, não passará da Lei um só ponto de i ou til, sem que tudo se tenha realizado.

(Mateus 5:17-18) Jesus


E é mais fácil passar o céu e a Terra do que cair um til da Lei.

(Lucas 16:17) Jesus


Servireis ao Senhor Vosso Deus, para que eu abençoe o teu pão e a tua água, e afaste de ti a enfermidade.

(Êxodo 23:25)


Tende cuidado para que o vosso coração não seja seduzido e vos desvieis do Senhor para servir deuses estranhos, rendendo-lhes culto e prostrando-vos diante deles;
e que o Senhor irado, feche o céu, e não caiam as chuvas, nem a terra dê os seus frutos, de modo que não tardaríeis a perecer nesta boa terra que o Senhor vos dá.

(Deuteronômio 11:16-17)


E Acabe, filho de Omri, começou a reinar sobre Israel no ano trigésimo oitavo de Asa, rei de Judá; e reinou Acabe, filho de Omri, sobre Israel em Samaria, vinte e dois anos.
E fez Acabe, filho de Omri, o que era mal aos olhos do Senhor, mais do que todos os que foram antes dele.
E sucedeu que (como se fora coisa leve andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate), ainda tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi, e serviu a Baal, e se curvou diante dele.
Erigiu um altar a Baal no templo que lhe edificou em Samaria.
E plantou um bosque sagrado, de maneira que Acabe fez muito mais para irritar ao Senhor, Deus de Israel, do que todos os reis de Israel que foram antes dele.

(1Reis 16:29-33)


Elias o tesbita de Tesbi de Galaad, disse a Acabe: "Vive o Senhor, Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a Minha Palavra."

(1Reis 17:1)


Muito tempo depois dirigiu o Senhor a sua Palavra a Elias, no terceiro ano dizendo: “Vai e mostra-te a Acabe, porque darei chuva sobre a Terra.”
E foi Elias mostrar-se a Acabe; e a fome era extrema em Samaria.

(1Reis 18:1-2)


E sucedeu que, vendo Acabe a Elias, disse-lhe Acabe: “És tu o perturbador de Israel?”
Elias respondeu: “Não sou eu que perturbei Israel, mas és tu e a casa de teu pai, por terdes deixado os Mandamentos do Senhor, e por terdes seguido a Baal."

(1Reis 18:17-18)


Então falou Deus todas estas Palavras, dizendo:
"Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
Não terás outros deuses diante de mim.
Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem embaixo da terra, nem nas águas debaixo da terra.
Não te prostrarás diante delas e não lhes prestarás culto. Eu sou o Senhor teu Deus, um Deus zeloso..."

(Êxodo 20:1-5a)


Em seguida tomou Jesus à parte os doze, e disse-lhes: "Eis que vamos para Jerusalém, e será cumprido tudo o que está escrito pelos profetas relativo ao Filho do Homem.
Será entregue aos gentios, será escarnecido, ultrajado e cuspido;
depois que o tiverem flagelado, o matarão,
e ele ressuscitará no terceiro dia."
Mas, eles não compreenderam nada disso. Essa palavra era obscura para eles, e não compreendiam o que Jesus dizia.

(Lucas 18:31-34)


... e tinha um nome escrito que ninguém sabia, senão ele mesmo.
E estava vestido de uma veste salpicada de sangue, e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.

(Apocalipse 19:12b-13)


E, ao terceiro dia, fizeram-se umas Bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.
E foram também convidados Jesus e os seus discípulos para as Bodas.
E, faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: "Não tem vinho."
Disse-lhe Jesus: “Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora."

(João 2:1-4)


E ninguém põe vinho novo em odres velhos; de outra sorte, o vinho novo romperá os odres e entornar-se-á o vinho...

(Lucas 5:37a) Jesus


Como alimento me deram fel, e na minha sede me deram vinagre.

(Salmos 68:22(69:21) Davi


E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena.
Então Jesus, ao ver sua mãe, e perto dela o discípulo que ele amava, disse à sua mãe: “Mulher, eis aí o teu filho!”
Depois disse ao discípulo: “Eis aí a tua mãe.” E, desta hora por diante, a levou o discípulo para sua casa.
Em seguida, sabendo Jesus que tudo estava consumado para se cumprir a Escritura, disse: “Tenho sede.”
Estava ali um vaso cheio de vinagre. Embeberam uma esponja no vinagre, fixando-a a um ramo de hissopo, levaram-lhe à boca.
E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: “Está consumado.” E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.
Os judeus temeram que os corpos ficassem na cruz durante o Sábado, porque já era a Preparação e esse Sábado era particularmente solene. Rogaram a Pilatos que lhes quebrassem as pernas e fossem retirados.
Vieram pois os soldados, e quebraram as pernas ao primeiro, e ao outro que com ele fora crucificado.
Tendo vindo depois a Jesus, como viram que já estava morto, não lhe quebraram as pernas,
mas um dos soldados traspassou-lhe o lado com uma lança e imediatamente saiu sangue e água.

(João 19:25-34)


Houve alguma nação que trocasse os seus deuses, posto não serem deuses? Mas o meu povo trocou a sua glória por um ídolo.
Espantai-vos disto, ó céus, e horrorizai-vos! Ficai verdadeiramente desolados, diz o Senhor.
Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas.

(Jeremias 2:11-13)


... porque abandonaram o Senhor, a fonte das águas vivas.

(Jeremias 17:13b)



Página 2 >>
Menu
Menu Principal
<< Não se iludam

^