A MULHER SAMARITANA


  • Os samaritanos
  • A mulher de Samaria
  • A Igreja de Tiatira e as profundezas de Satanás
  • A água da contradição
  • A Igreja de Filadélfia



E, ao terceiro dia, fizeram-se umas Bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.
E foram também convidados Jesus e os seus discípulos para as Bodas.
E, faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não tem vinho.
Disse-lhe Jesus: "Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora."

(João 2:1-4)


Tende cuidado para não esquecer a Aliança que o Senhor, Vosso Deus, fez convosco, e não façais uma imagem esculpida, representando o que quer que seja como vos proibiu o Senhor Vosso Deus,
porque o Senhor Vosso Deus é um fogo devorador, um Deus zeloso.
Quando, pois, gerardes filhos e filhos de filhos, e vos envelhecerdes na Terra e vos corromperdes, e fizerdes alguma escultura, semelhança de alguma coisa, e fizerdes mal aos olhos do Senhor, para o provocar à ira.
Eu chamo hoje por testemunhas o céu e a Terra, que vos sereis bem cedo exterminados da terra, que passado o Jordão, estais para possuir; não habitareis por longo tempo, mas o Senhor vos destruirá.
E o Senhor vos espalhará entre os povos, e ficareis poucos em número entre as gentes às quais o Senhor vos conduzirá.
E lá servireis a deuses que foram fabricados por mão dos homens, de pau e de pedra, os quais não vêem, nem ouvem nem comem nem cheiram.

(Deuteronômio 4:23-28)


O Senhor rejeitou, pois, toda a linhagem de Israel, humilhou-a e a entregou nas mãos dos saqueadores até que fosse completamente banida de sua presença.
Porque, depois que o Senhor rasgou a Israel da casa de Davi, e eles fizera rei a Jeroboão, filho de Nebate, Jeroboão apartou a Israel de seguir o Senhor e os fez pecar um grande pecado.
Assim andaram os filhos de Israel em todos os pecados que Jeroboão tinha feito; nunca se apartou deles.
Até o dia em que o Senhor os baniu de sua presença, como tinha anunciado pela boca dos profetas, seus servos. Os israelitas foram, pois, deportados para longe de sua terra, para a Assíria, onde estão atualmente.
O rei dos assírios mandou vir gente de Babilônia, de Cuta, de Ava, de Emat e de Sefarvaim e pô-los nas cidades de Samaria em lugar dos filhos de Israel. Eles possuíram a Samaria e habitaram nas suas cidades.
Mas como eles não prestavam culto ao Senhor, quando começaram a habitar ali, o Senhor mandou leões contra eles que os devoravam.
Avisaram o rei dos assírios, dizendo: “Os povos que tu transferiste e que mandaste habitar nas cidades de Samaria, ignoram o culto do Deus do país, e o Senhor mandou contra eles leões, que os matam, porque não sabem o culto do Deus daquela terra.”
O rei dos assírios ordenou dizendo: “Mandai para Samaria um dos sacerdotes que vós de lá trouxestes cativos, que vá, habite com eles e lhes ensine o culto do Deus daquela terra.”
Veio, pois, um dos sacerdotes que transportaram de Samaria, e habitou em Betel, e lhes ensinou como deviam temer ao Senhor.
Apesar disso, cada um destes povos fabricou para si o seu deus e colocaram-nos nos templos dos lugares altos, que os samaritanos tinham edificado, cada povo na sua cidade em que habitava.
Os babilônios fizeram (uma estátua de) Socot-Benot; os de Cuta, uma de Nergal; os de Emat, uma de Ásima;
os de Ava, uma de Nebaaz e uma de Tartac; os de Serfarvain queimavam seus filhos em honra de Adramelec e de Anamelec, seus deuses.
Adoravam também o Senhor, mas constituíram sacerdotes para os lugares altos, tirados dentre o povo, os quais oficiavam por eles nos santuários dos lugares altos.
Desse modo, adoravam o Senhor, e ao mesmo tempo prestavam culto aos seus próprios deuses, segundo o costume das nações de onde tinham sido transportados.
Ainda hoje seguem os seus antigos costumes; não temem o Senhor, não observam suas Leis, nem suas ordenações, nem a Lei e os Mandamentos que o Senhor deu aos filhos daquele Jacó, a quem deu o nome de Israel.
O Senhor tinha feito com eles uma Aliança e lhes tinha dado a seguinte ordem: “Não adoreis outros deuses, nem vós prostreis diante deles; não lhes prestareis culto, e não lhes oferecereis sacrifícios.
Mas temei ao Senhor que vos tirou do Egito com poder de seu braço. A ele temereis, diante dele vos prostrareis e a ele oferecereis os vossos sacrifícios.
Obedecereis sempre, e cuidadosamente, os preceitos, os estatutos, a Lei e os Mandamentos que ele vos deu por escrito. Não adoreis outros deuses.
Não vos esqueçais da Aliança que ele fez convosco, nem presteis culto a deuses estrangeiros,
mas temei ao Senhor Vosso Deus e ele vos livrará do poder de todos os vossos inimigos.”

Eles, porém não deram ouvidos, mas procederam segundo o seu antigo costume.
Assim estas nações temiam ao Senhor e serviam as suas imagens de escultura; como fizeram seus pais, assim fazem seus filhos e os filhos de seus filhos,
até ao dia de hoje

(2Reis 17:20-41)


... Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus.

(João 3:5b)


Fareis saber a vossos filhos, dizendo; Israel passou em seco este Jordão.
Porque o Senhor Vosso Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vós, até que passásseis, como o Senhor, Vosso Deus, fez ao mar Vermelho, que fez secar perante nós, até que passamos.
Para que todos os povos da Terra reconheçam a mão poderosíssima do Senhor, e vós temais sempre o Senhor, Vosso Deus.

(Josué 4:22-24)


Quando Jesus soube que os fariseus tinham ouvido que ele fazia mais discípulos e batizava mais que João,
embora Jesus mesmo não batizasse, mas os seus discípulos,
deixou a Judéia e foi outra vez para a Galiléia.
E era-lhe necessário passar por Samaria.
Foi, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, junto da herdade que Jacó tinha dado a seu filho José.
Estava aí o poço de Jacó, Jesus cansado da viagem, sentou-se à beira do poço. Era quase a hora sexta.
Veio uma mulher da Samaria tirar água, Jesus disse-lhe: “Dá me de beber.”
Os seus discípulos tinham ido à cidade comprar mantimentos.
Disse-lhe, porém, a mulher samaritana: “Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana?” Porque os judeus não comunicam com os samaritanos. AS OVELHAS PERDIDAS DA CASA DE ISRAEL
Jesus respondeu-lhe: “Se conhecesses o dom de Deus e quem é aquele que te diz: Dá-me de beber, tu é que lhe terias pedido, e ele te daria uma água viva.”
Disse-lhe a mulher: “Senhor, nem tens com que tirar água, e o poço é fundo. Donde, pois, tens água viva?
Serás tu maior que o nosso pai Jacó, que nos deu este poço do qual ele mesmo bebeu, assim como os seus filhos e os seus rebanhos?”
Jesus respondeu e disse-lhe: “Qualquer que beber desta água tornará a ter sede,
mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.”
“Senhor suplicou a mulher, dá-me dessa água para que eu não sinta mais sede e não tenha de vir aqui tirá-la.”
Disse-lhe Jesus: “Vai, chama teu marido, e volta aqui.”
A mulher respondeu: “Não tenho marido.” Disse Jesus: “Tens razão em dizer que não tens marido.
Porque tiveste cinco maridos e o que agora tens não é teu marido; isso disseste com verdade.”

(João 4:1-18)


Virão dias, contudo, em que lhes será tirado o ESPOSO...

(Lucas 5:35a) Jesus


E, ao terceiro dia, fizeram-se umas Bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.
E foram também convidados JESUS...

(João 2:1-2a)


... e nome pelo qual se chama é a PALAVRA DE DEUS.

(Apocalipse 19:13b)


... e os seus discípulos para as Bodas.
E, faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: “Não tem vinho.”
Disse-lhe Jesus: “Mulher, que tenho contigo?..."

(João 2:2b-4a)


Mas tenho contra ti o tolerares que Jezabel, mulher que se diz profetiza; ensine e engane os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria.
Eu porém, lhe dei tempo para fazer penitência, e ela não quer arrepender-se da sua prostituição.
Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteraram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras.
E ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda as mentes e os corações. E darei a cada um de vós segundo as vossas obras.
Mas a vós e a todos os outros de Tiatira que não seguem esta doutrina e que não conhecem as profundezas de Satanás – como eles dizem – digo-vos: Não vos imporei outro fardo.

(Apocalipse 2:20-24)


A ÁGUA DA CONTRADIÇÃO



Ora os filhos de Israel e toda a multidão chegaram ao deserto de Sin, no primeiro mês; e o povo ficou em Cades. E ali faleceu Maria, e foi sepultada no mesmo lugar.
Como o povo necessitasse de água, juntaram-se contra Moisés e Arão;
e o povo contendeu com Moisés, e falaram, dizendo: “Antes tivéssemos expirado quando expiraram nossos irmãos perante o Senhor!
E por que trouxestes a congregação do Senhor a este deserto, para que morramos ali, nós e nossos animais?
Por que nos fizestes partir do Egito e nos conduziste a este péssimo lugar, que não se pode semear, e que não produz nem figueiras, nem vinhas, nem romãzeiras, e além disto não tem água para beber?”
Moisés e Arão, deixada a multidão, entraram no Tabernáculo da Aliança, e, tendo-se prostrado com o rosto por terra, clamaram ao Senhor, e disseram: “Senhor Deus, ouve o clamor deste povo, e abre-lhe o teu tesouro, uma fonte de água viva, para que, saciando-se, cesse a sua murmuração.” E apareceu sobre eles a glória do Senhor.
E o Senhor falou a Moisés dizendo:
“Toma a vara e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha perante os seus olhos, e dará a sua água; assim, lhes tirarás água da rocha e darás a beber à congregação e aos animais.”
Então Moisés tomou a vara de diante do Senhor, como lhe tinha ordenado.
E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: "Rebeldes e incrédulos: acaso poderemos nós fazer sair água deste rochedo para vós?”
Então Moisés levantou a sua mão e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais.
O Senhor disse a Moisés e a Arão: “Porque vós não me crestes para me santificardes diante dos filhos de Israel, não introduzireis estes povos na terra que eu lhes darei.
Esta é a água da contradição, onde os filhos de Israel altercaram contra o Senhor, e o Senhor se santificou neles.”

(Números 20:1-13)


Subiu, pois, Moisés das planícies Moab ao monte Nebo, ao alto de Fasga, defronte de Jericó. O Senhor mostrou-lhe toda a terra de Galaad até Dan,
todo o Neftali, a terra de Efraim, de Manassés, toda a terra de Judá até o mar extremo;
o Negeb, a planície do Jordão, o vale de Jericó, a cidade das Palmeiras, até Segor.
E, disse-lhe o Senhor: “Esta é a terra de que jurei a Abraão, Isaque, e Jacó, dizendo: Eu a darei a tua posteridade. Tu a viste com os teus olhos mas não entrarás nela.”
Moisés servo do Senhor, morreu ali na terra de Moab, segundo a ordem do Senhor.
E ele o enterrou no vale da terra de Moab, defronte de Bet-Fogor, e ninguém jamais soube o lugar do seu sepulcro.

(Deuteronômio 34:1-6)


Portanto, assim diz o Senhor Jeová: “Eis que eu assentei em Sião, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.”
TU ÉS PEDRO

(Isaías 28:16)


... e sobre esta pedra edificarei a MINHA IGREJA, e as portas do inferno jamais prevalecerão contra ela.

(Mateus 16:18b)


Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o Diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele, mas disse: “O Senhor te repreenda.”

(Judas 1:9)


O Senhor disse a Satanás: "O Senhor te repreende, ó Satanás, sim, o Senhor, que escolheu Jerusalém, te repreende; não é este um tição tirado do fogo?"

(Zacarias 3:2)


Nos fins dos tempos acontecerá que o monte da casa do Senhor estará colocado à frente das montanhas, e dominará as colinas. Para aí acorrerão todas as gentes.
E virão muitos povos e dirão: “Vinde, subamos ao monte do Senhor, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine o que concerne aos seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a Lei, e de Jerusalém, a Palavra do Senhor.”

(Isaías 2:2-3)


Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte.

(Mateus 5:14) Jesus


“Senhor, disse-lhe a mulher, vejo que és profeta!
Nossos pais adoraram neste monte, mas vós dizeis que é em Jerusalém que se deve adorar.”
Disse-lhe Jesus: “Acredita-me, ó mulher; é chegada a hora em que nem nesse monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai.
Vós adorais aquilo que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus.
Vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores hão de adorar o Pai em Espírito e em Verdade, e são esses adoradores que o Pai deseja.
Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em Espírito e em Verdade."

(João 4:19-24)


E, naquele dia, estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele, para o sul.

(Zacarias 14:4)


Naquele dia, também acontecerá que correrão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas até ao mar ocidental; no estio e no inverno, sucederá isso.
O Senhor reinará sobre toda a Terra. Naquele dia o Senhor será o Único Deus e só o Seu Nome será invocado.

(Zacarias 14:8-9)


Então, espalharei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificareis.
E vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei o coração de pedra da vossa carne e vos darei um coração de carne.
Porei o meu Espírito no meio de vós, farei que andeis nos meus preceitos, que guardeis as minhas Leis e que as pratiqueis.

(Ezequiel 36:25-27)


... Se alguém tem sede, que venha a mim e beba.
quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.

(João 7:37b-38) Jesus



Jesus Transforma a Água em Vinho >>
Menu
Menu Principal
<< Jesus - A Palavra de Deus - a Água da Vida

^