JESUS DESCANSOU NO SÁBADO


  • Deus criou o mundo em seis dias, descansou no sétimo
    e ordena que o Sábado seja o dia do descanso
  • A Transfiguração
  • A crucificação de Jesus
  • Jesus morre e vai para o paraíso no mesmo dia
  • Moisés e Elias no sepulcro de Jesus
  • O Imperador Constantino ordena que o domingo seja o dia do descanso
  • Quem não aceitar o sétimo dia como o dia do descanso, não entrará no descanso eterno



Guardareis os meus Sábados e o meu santuário reverenciareis. Eu sou o Senhor.

(Levítico 19:30)


A vós ó sacerdotes, dou esta ordem.
Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao Meu Nome, diz o Senhor dos Exércitos, enviarei a maldição contra vós e amaldiçoarei as vossas bênçãos; e já as tenho amaldiçoado, porque vós não pondes isso no coração.
Eis que vou abater vosso braço, espalhar-vos no rosto - o esterco de vossas festas - e sereis lançados fora com ele.
Então sabereis que fui eu que vos mandei esta ordem, para que a Minha Aliança com Levi subsistisse, diz o Senhor dos Exércitos.
A Minha Aliança com Levi foi um pacto de vida e prosperidade e também de temor, a fim de que ele temesse o Meu Nome; e ele temeu-me e sempre teve reverência por Meu Nome;
a Lei da verdade esteve na sua boca, e a iniquidade não se achou nos seus lábios; andou comigo em paz e em retidão e apartou a muitos da iniquidade.
Porque os lábios dos sacerdotes serão os guardas da ciência; da sua boca se há de aprender a Lei, porque ele é o anjo do Senhor dos Exércitos.
Mas vós vos desviates do caminho, a muitos fizestes tropeçar na Lei, tornastes nula a Aliança que eu tinha feito com Levi, diz o Senhor dos Exércitos.
Por isso, eu vos tornei desprezíveis e abjetos as olhos de todo o povo,
porque não guardastes os Meus Mandamentos e fizestes acepção de pessoas na Lei.
Por acaso, não temos todos nós um único Pai? Por acaso, não foi um só o Deus que nos criou? Então, por que enganamos uns aos outros, profanando assim a Aliança de nossos pais?

(Malaquias 2:1-10)


No princípio criou Deus os céus e a Terra.
A Terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
Disse Deus: haja luz. E houve luz.
Viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas.
E Deus chamou à luz dia, e às trevas noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

(Gênesis 1:1-5)


No princípio era o VERBO, e o VERBO estava junto de Deus e o VERBO ERA DEUS.
No princípio ele estava em Deus.
Todas as coisas foram feitas por ele e nada do que foi feito, foi feito sem ele.

(João 1:1-3)


E, ao terceiro dia, fizeram-se umas Bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de JESUS.

(João 2:1)


NELE, estava a vida e a vida era a luz dos homens;
e a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.

(João 1:4-5)


Deus disse: "Façam-se luzeiros no firmamento dos céus para separar o dia da noite; sirvam eles de sinais e marquem o tempo, os dias e os anos,
e resplandeçam no firmamento dos céus para iluminar a Terra". E assim se fez.
Deus fez os dois grandes luzeiros: o maior para presidir ao dia, e o menor para presidir à noite; e fez também as estrelas.
Deus colocou-os no firmamento dos céus para que iluminassem a Terra,
presidissem ao dia e à noite, e separassem a luz das trevas. E Deus viu que isso era bom.
Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o quarto dia.

(Gênesis 1:14-19)


Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã; foi o sexto dia.

(Gênesis 1:31)


Assim foram acabados os céus, a terra e todo o seu exército.
Tendo Deus terminado no sétimo dia a obra que tinha feito, descansou do seu trabalho.
Ele abençoou o sétimo dia e o consagrou, porque nesse dia repousara de toda a obra da criação.

(Gênesis 2:1-3)


Lembra-te de santificar o dia de Sábado.
Trabalharás durante seis dias, e farás neles todas as tuas obras.
O sétimo dia, porém, é o Sábado do Senhor teu Deus; não farás nele obra alguma, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu gado, nem o peregrino que está dentro das tuas portas.
Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo o que nelas há e ao sétimo dia descansou, abençoou o Senhor o dia do Sábado e o santificou.

(Êxodo 20:8-11)


Guardarás o dia do Sábado e o santificarás, como te ordenou o Senhor, teu Deus.
Trabalharás seis dias e neles farás todas as tuas obras;
mas no sétimo dia, que é o repouso do Senhor, teu Deus, não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem teu servo, nem tua serva, nem teu boi, nem teu jumento, nem teus animais, nem o estrangeiro que vive dentro de teus muros, para que o teu escravo e a tua serva descansem como tu,
porque te lembrarás que foste servo na terra do Egito e que o Senhor, teu Deus, te tirou dali com mão forte e braço estendido; pelo que o Senhor, teu Deus, te ordenou que guardasses o dia de Sábado.

(Deuteronômio 5:12-15)


Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.

(Êxodo 20:2)


Trabalharás seis dias; ao sétimo dia descansarás para que descanse o teu boi e o teu jumento, e o filho da tua escrava e o estrangeiro tenham algum alívio.

(Êxodo 23:12)


Eis o que diz o Senhor Javé: O pórtico do átrio interior que fica fronteiro ao oriente será fechado durante os seis dias consagrados ao trabalho. Abrir-se-á no dia de Sábado...

(Ezequiel 46:1a)


E o povo da Terra se prostrará à entrada da mesma porta, nos Sábados...

(Ezequiel 46:3a)


Ensinarão ao meu povo a diferença em que há entre o santo e o profano, entre o que é puro e o que é impuro.
Quando houver contenda, estarão presentes para julgar, julgando de acordo com o meu direito. em todas as minhas assembléias solenes, observarão os meus estatutos e as Minhas Leis, e santificarão os meus Sábados.

(Ezequiel 44:23-24)


E o VERBO se fez carne e habitou entre nós...

(João 1v14a)


Dizia-lhes também: “Em verdade vos digo, dos que aqui estão, alguns há que não provarão a morte sem que vejam chegado o Reino de Deus com poder.”
Seis dias depois, JESUS tomou consigo Pedro, Tiago e João, e os levou sozinhos a um monte alto e afastado. E transfigurou-se diante deles.
E as suas vestes tornaram-se resplandecentes, em extremo brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra as poderia branquear.
E apareceram-lhes Elias e Moisés e falavam com Jesus.
Pedro tomou então a palavra e disse a Jesus: “Mestre, é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias.”
Pois não sabia o que dizia, porque estavam assombrados.
E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz, que dizia: “Este é o Meu Filho amado; a ele ouvi.”

(Marcos 9:1-7)


Não julgueis que vim destruir a Lei ou os profetas; não os vim destruir, mas sim para os cumprir.
Porque em verdade vos digo: antes passarão o céu e a Terra, que passe da Lei um só jota ou um só ápice, sem que tudo seja cumprido.
Aquele que violar um destes Mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos Céus. Mas aquele que guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos Céus.
Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos Céus.

(Mateus 5:17-20) Jesus


E é mais fácil passar o céu e a Terra do que cair um til da Lei.

(Lucas 16:17) Jesus


Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos Céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas.

(Mateus 13:52) Jesus


O reino dos céus é semelhante a um pai de família que, ao romper da manhã, saiu a contratar operários para a sua vinha.
E, ajustando com os trabalhadores a um dinheiro por dia, mandou-os para a sua vinha.
E, saindo perto da hora terceira, viu outros que estavam ociosos na praça.
E disse-lhes: “Ide vós também para a minha vinha e tereis o salário que for justo.”
E eles foram. Saiu de novo pela hora sexta, e pela hora nona, e fez o mesmo.
Quase à undécima hora tornou a sair, e encontrou ainda outros que lá estavam, e lhes disse: ”Por que ficais aqui o dia todo sem fazer nada?”
Responderam-lhe: “Porque ninguém nos contratou.” Disse-lhes ele: “Ide também vós para a minha vinha.”
No fim da tarde o senhor da vinha disse ao seu mordomo: “Chama os operários e paga-lhes o salário, começando pelos últimos até os primeiros.”
E, chegando os que tinham ido perto da hora undécima, receberam um dinheiro cada um;
vindo, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo, receberam um dinheiro cada um.
E recebendo-o, murmuraram contra o pai de família,
dizendo: “Esses que vieram por último não trabalharam senão uma hora, e tu os igualaste a nós, que suportamos o peso do dia e do calor!”
Mas ele, respondendo, disse a um deles: “Amigo, não te faço injustiça; não ajustasse tu comigo, um dinheiro?
Toma o que é teu e vai-te. Eu quero dar a este último tanto quanto a ti.
Porventura, não me é lícito fazer o que quero? Acaso o teu olho é mau, porque eu sou bom?”
Assim os últimos serão os primeiros
e os primeiros serão os últimos. Porque muitos são chamados e poucos escolhidos.
Subindo para Jerusalém, durante o caminho, Jesus tomou à parte os doze e disse-lhes:
"Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos grandes sacerdotes e escribas, que o condenarão à morte,
e o entregarão aos pagãos para ser escarnecido, flagelado e crucificado. Mas ele, ao terceiro dia, ressuscitará."
E aproximou-se então de Jesus a mãe dos filhos de Zebedeu, com os seus filhos, e prostrou-se diante dele, para lhe fazer um pedido.
E ele perguntou-lhe: "Que queres?" Respondeu ela: "Dize que estes meus dois filhos se sentem um à tua direita e outro à tua esquerda no teu Reino."
Jesus respondendo, disse: "Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu hei de beber?" Eles responderam-lhe: "Podemos."
Jesus replicou-lhes: "Na verdade, bebereis o meu cálice, mas o sentar-se à minha direita ou à minha esquerda não me pertence a mim concedê-lo; é para aqueles para quem meu Pai o tem reservado."
E, quando os dez ouviram isso, indignaram-se contra os dois irmãos.
Mas Jesus chamou-os a si e disse-lhes: "Vós sabeis que os príncipes das nações as subjugam e que os grandes as governam com autoridade.
Não será assim entre vós; mas quem dentre vós quiser ser o maior, seja que vos sirva.
E o que quiser tornar-se entre vós o primeiro, se faça vosso escravo.
Exatamente como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para dar a vida como redenção de muitos."

(Mateus 20:1-28)


... e tinha um nome escrito que ninguém sabia, senão ele mesmo.
E estava vestido de uma veste salpicada de sangue, e o nome pela qual se chama é a Palavra de Deus.

(Apocalipse 19:12b-13)


E quando chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram e aos malfeitores, um à direita, e outro à esquerda.
E dizia Jesus: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” E repartindo as suas vestes, lançaram sortes.
O povo estava observando e os príncipes dos sacerdotes com o povo o escarneciam, dizendo: “Salvou os outros, salve-se a si mesmo, se é o Cristo, o escolhido de Deus.”
Insultavam-no também os soldados, os quais, aproximando-se dele e oferecendo-lhe vinagre,
diziam: “Se tu és o Rei dos Judeus, salva-te a ti mesmo.”
E também, por cima dele, estava um título escrito em letras gregas, romanas e hebraicas: “Este é o Rei dos Judeus.”
E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: “Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós.”
Respondendo, porém o outro repreendia-o, dizendo: “Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?
E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.”
E disse Jesus: “Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino.”
E disse-lhe Jesus: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.”
E era já quase a hora sexta, e houve trevas em toda a terra até a hora nona,
escurecendo-se o sol; e rasgou-se ao meio o véu do Templo.
E, clamando Jesus com grande voz, disse: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito.” E, havendo dito isso, expirou.

(Lucas 23:33-46)


Porque aquele que entrou no seu repouso, ele próprio repousou de suas obras, como Deus das suas.

(Hebreus 4:10)


E o centurião, vendo o que tinha acontecido, deu glória a Deus, dizendo: “Na verdade, este homem era justo.”
E toda a multidão que se ajuntara a este espetáculo, vendo o que havia acontecido, voltava batendo nos peitos.
Todos os conhecidos de Jesus e as mulheres que o tinham seguido desde a Galiléia, estavam de longe observando estas coisas.
Havia um homem, por nome José, membro do conselho, homem reto e justo.
Ele não havia concordado com a decisão dos outros nem com os atos deles. Originário de Arimatéia, cidade da Judéia, esperava ele o Reino de Deus.
Foi ter com Pilatos e lhe pediu o corpo de Jesus.
Tendo-o descido da cruz, envolveu-o num lençol e o colocou num sepulcro cavado na rocha, no qual ainda ninguém fora posto.
E era o Dia da Preparação, e amanhecia o Sábado.
Seguiram a José as mulheres que haviam acompanhado Jesus desde a Galiléia, e viram o sepulcro e a maneira como foi colocado o seu corpo.
E, voltando elas, prepararam especiarias e unguentos e, no Sábado, repousaram, conforme o Mandamento.

(Lucas 23:47-56)


Porque, em certo lugar, disse assim do dia sétimo: “E repousou Deus de todas as suas obras no sétimo dia."

(Hebreus 4:4)


E, no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro levando as especiarias que tinham preparado.
E acharam a pedra do sepulcro removida.

(Lucas 24:1-2)


Os israelitas guardarão o Sábado, celebrando-o de idade em idade com um pacto perpétuo.
Este será um sinal perpétuo entre mim e os israelitas, porque o Senhor fez o céu e a terra em seis dias e no sétimo dia ele cessou de trabalhar e descansou.
Tendo o Senhor acabado de falar a Moisés sobre o Monte Sinai, entregou-lhe as duas tábuas da Aliança; eram tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus.

(Êxodo 31:16-18)


Entrando não encontraram o corpo do Senhor Jesus.

(Lucas 24:3)


... e o nome pela qual se chama é a Palavra de Deus.

(Apocalipse 19:13b)



Página 2 >>
Menu Principal
<< O Pecado paralisa a Vida

^