O DEVORADOR


  • Lepra = devorador = miséria
  • Jesus cura a miséria, mas não quer que isso seja divulgado
  • A pesca milagrosa
  • Jesus na casa de Simão, o ex-leproso
  • A mulher que prepara o corpo de Jesus - a Palavra de Deus - para a sepultura
  • ... O zelo da tua casa me devora. (João 2:17b)




Tendo Jesus descido do Monte, uma grande multidão o seguiu.
Eis que, aproximando-se um leproso, se prostrou dizendo: "Senhor se queres, podes limpar-me."
E Jesus estendendo a mão, tocou-o, dizendo: "Quero; fica limpo." E logo ficou limpa toda a sua lepra.
E Jesus lhe disse: "Vê, não o digas a ninguém. Mas vai, mostra-te ao sacerdote, e faze a oferta que ordenou Moisés para lhes servir de testemunho."

(Mateus 8:1-4)


Honra Senhor com teus haveres e dá-lhe das primícias de todos os teus frutos;
e se encherão os teus celeiros de fartura e transbordarão de vinho teus lagares.

(Provérbios 3:9-10) Salomão


Aconteceu que, comprimindo-se as multidões em volta dele para ouvir a Palavra de Deus, ele estava junto do lago de Genesaré.
Viu duas barcas paradas na margem do lago, pois os pescadores tinham desembarcado e lavavam as redes.
Entrou numa das barcas, que era de Simão, pediu-lhe que se afastasse um pouco da terra e, sentando-se, pôs-se a ensinar, da barca, a multidão.
E, quando acabou de falar, disse a Simão: "Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar."
Respondendo Simão disse-lhe: "Mestre, tendo trabalhado toda a noite, não apanhamos nada; porém, sobre a tua Palavra, lançarei a rede."
Assim fizeram e apanharam uma grande quantidade de peixe. As redes estavam-se a romper-se
e eles fizeram sinal aos companheiros que estavam na outra barca, para que os viessem ajudar. Vieram e encheram as duas barcas, a ponto de se irem afundando.

Vendo isso Simão Pedro lançou-se aos pés de Jesus, dizendo: "Senhor, afasta-te de mim, porque sou homem pecador!"
Pois que o espanto se apoderara dele e de todos os que com ele estavam, por causa da pesca que haviam feito,
e, de igual modo, também de Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram companheiros de Simão. E disse Jesus a Simão: "Não temas; de agora em diante, serás pescador de homens."
E atracando as barcas à terra, deixaram tudo e o seguiram.
E sucedeu que estava Jesus em uma daquelas cidades, quando apareceu um homem cheio de lepra o qual, vendo a Jesus, lançou-se com o rosto em terra, e suplicou-lhe dizendo: "Senhor se tu queres, podes limpar-me."
Jesus, estendendo a mão, tocou nele e disse: "Quero; fica limpo!" no mesmo instante desapareceu dele a lepra.
E ordenou-lhe que a ninguém dissesse. Mas disse-lhe: "Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés determinou, para que lhes sirva de testemunho."
Entretanto, espalhava-se mais e mais a sua fama e concorriam grandes multidões para o ouvir e ser curados das suas enfermidades.
Porém ele retirava-se para os desertos e ali orava.

(Lucas 5:1-16)


Quando entraram em Cafarnaum, chegaram-se a Pedro os que recebiam a didracma (para o Templo), e disseram-lhe: "Vosso Mestre não paga a didracma?"
Disse ele: "Sim." E, entrando em casa, Jesus lhe antecipou, dizendo: "Que parece, Simão? De quem cobram os reis da Terra os tributos ou os impostos? Dos seus filhos ou dos alheios?"
Disse-lhe Pedro: "Dos alheios." Disse-lhe Jesus: "Logo estão isentos os filhos.
Todavia, para que os não escandalizemos, vai ao mar e lança o anzol, e o primeiro peixe que subir, toma-o, e, abrindo-lhe a boca, acharás dentro um estáter: toma-o, e dá-lho por mim e por ti."

(Mateus 17:24-27)


Bem aventurados os que tem fome e sede de justiça, porque serão fartos.

(Mateus 5:6)


Sucedeu pois que, indo Jesus para Jerusalém, passava pelo meio de Samaria e da Galiléia.
E ao entrar numa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, que pararam ao longe,
e elevaram a voz, dizendo: "Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!"
Tendo-os ele visto, disse-lhes: "Ide, mostrai-vos aos sacerdotes." Aconteceu que, enquanto iam, ficaram limpos.
Um deles, quando viu que tinha ficado limpo, voltou atrás, glorificando a Deus em alta voz,
e prostrou-se por terra a seus pés, dando-lhe graças; este era um samaritano
Jesus disse: "Não são dez os que foram curados? Os outros nove onde estão?
Não se encontrou quem voltasse e desse glória, senão este estrangeiro?"

E disse para ele: "Levanta-te, vai; a tua fé te salvou."

(Lucas 17:11-19)


Desde os dias de vossos pais apartastes de Meus Mandamentos e não os guardastes. Voltai a mim, e eu me voltarei para vós - diz o Senhor dos Exércitos. Vós, porém dizeis: "Mas voltar como?"
Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: "Em que te roubamos?" "Nos dízimos e nas ofertas alçadas."
Portanto vós fostes amaldiçoados com a penúria; porque me roubais a mim, vós, toda a nação.
Pagai integralmente os dízimos ao Templo, para que haja alimento em minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos Exércitos se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança.
E, por causa de vós, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; e a vide no campo não vos será estéril, diz o Senhor dos Exércitos.
E todas as nações os chamarão bem aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos Exércitos."

(Malaquias 3:7-12)


E aconteceu que, quando Jesus concluiu todos esses discursos, disse aos seus discípulos:
"Bem sabeis que, daqui a dois dias, é a Páscoa, e o Filho do Homem será entregue para ser crucificado."
Reuniram-se, então, os príncipes dos sacerdotes e os anciãos do povo no palácio do Sumo Sacerdote, que se chamava Caifás,
e deliberaram sobre os meios de prender Jesus por astúcia e de o matar.

Diziam porém: "Que não seja no dia da festa, para não acontecer algum tumulto entre o povo."
Ora estando Jesus em Betânia, em casa de Simão o leproso,
aproximou-se dele uma mulher com uma ânfora de alabastro que continha bálsamo de alto valor, e derramou-o sobre a cabeça de Jesus, que estava sentado à mesa.
Vendo isso, os discípulos indignaram-se, dizendo: "Para que esse desperdício?
Porque este bálsamo podia vender-se por bom preço e dar-se aos pobres."
Jesus, porém, sabendo-o, falou-lhes: "Por que incomodais esta mulher? Ela fez uma boa ação para comigo."
Porquanto, pobres sempre os tendes convosco mas a mim nem sempre me tereis.
Pois bem, lançando ela esse bálsamo em Meu Corpo, o fez a fim de preparar-me para a sepultura.

(Mateus 26:1-12) Jesus


... e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.

(Apocalipse 19:13b)


Em verdade vos digo, onde quer que em todo o mundo for pregado este Evangelho, também se há de publicar, para sua memória, a ação que praticou esta mulher.
Então, um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes
e lhes disse: "O que quereis dar-me, se eu o entregar a vós?" Eles lhe garantiram trinta moedas de prata.
E, desde então, buscava oportunidade para o entregar.

(Mateus 26:13-16)


E estava próxima a Páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém.
Encontrou no Templo vendedores de bois, de ovelhas e de pombas, e cambistas sentados às suas mesas.
Fez então um como flagelo de cordas, e expulsou todos do Templo juntamente com ovelhas e bois, e espalhou pelo chão as moedas dos cambistas e derrubou suas mesas,
e disse aos que vendiam pombas: "Tirai tudo isto daqui e não façais da casa de Meu Pai casa de comércio."

Então lembraram-se os seus discípulos do que está escrito: "O zelo da tua casa me devora."
Tomaram então a palavra os judeus e disseram-lhe: "Com que sinal nos mostras tu que tens autoridade para fazer estas coisas?"
Jesus respondeu-lhes e disse: "Destruí este Templo e eu o reedificarei em três dias."

(João 2:13-19)


Pois, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do monstro marinho, assim estará o Filho do Homem três dias e três noites no coração da Terra.

(Mateus 12:40) Jesus


Portanto assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.

(Isaías 28:16)


Replicaram, pois, os judeus: "Este Templo foi edificado em quarenta e seis anos, e tu o reedificarás em três dias?"
Ora ele falava do Templo de seu Corpo.
Quando, pois, ressuscitou dos mortos lembram-se seus discípulos do que ele dissera, e creram na Escritura e nas Palavras que Jesus tinha dito.
E, estando ele em Jerusalém pela Páscoa, durante a festa, muitos, vendo os sinais que fazia, creram no Seu Nome.

(João 2:20-23)


... e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.

(Apocalipse 19:13b)


Mas o mesmo Jesus não confiava neles, porque a todos conhecia,
e não necessitava de que alguém testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem.

(João 2:24-25)


Na verdade, Deus não escolheu o povo por causa do Templo, mas escolheu o Templo por causa do povo.

(2Macabeus 5:19)


E levantando-se de manhã muito cedo, estando ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava.
Simão e os seus companheiros saíram a procurá-lo.
Encontraram-no e disseram-lhe: "Todos te procuram."
E ele respondeu-lhes: "Vamos às aldeias vizinhas, para que eu pregue também lá, pois, para isso é que vim."
Ele retirou-se dali, pregando em todas as sinagogas e por toda a Galiléia, e expulsando os demônios.
E aproximando-se dele um leproso, que, rogando-lhe e pondo-se de joelhos diante dele, lhe dizia: "Se queres, bem podes limpar-me."
E Jesus movido de grande compaixão, estendeu a mão, e tocou-o, e disse-lhe: "Quero sê limpo!"
E tendo dito estas palavras, repentinamente desapareceu dele a lepra, e ficou limpo.
Ordenou-lhe, em tom severo, que saísse imediatamente;
dizendo: "Guarda-te, não o contes a ninguém; mas vai, mostra-te ao príncipe dos sacerdotes, e oferece pela tua purificação o que Moisés ordenou, para lhes servir de testemunho."

Ele, porém, retirando-se começou a contar e a publicar o sucedido, de sorte que Jesus já não podia entrar descobertamente numa cidade mas ficava fora nos lugares desertos; e de todas as partes iam ter com ele.

(Marcos 1:35-45)



O Surdo Mudo >>
Menu
Menu Principal
<< Ó Geração Incrédula e Perversa

^