O REINO DOS CÉUS


  • Jesus compara o Reino dos Céus a uma semente plantada entre nós
  • A semente é a Palavra de Deus que leva tempo para amadurecer
  • O Reino de Deus é o amadurecimento da Palavra de Deus



E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o Reino de Deus, respondeu-lhes e disse: "O Reino de Deus não vem com aparência exterior.
Nem dirão: Ei-lo aqui, ou ei-lo acolá; porque o Reino de Deus está dentro de vós."

(Lucas 17:20-21) Jesus


Naquele dia, saiu Jesus e sentou-se à beira do lago.
Acercou-se dele, porém, uma tal multidão, que precisou entrar numa barca. Nela se assentou, enquanto a multidão ficava à margem.
E falou de muitas coisas por parábolas dizendo: "Eis que o semeador saiu a semear;
quando semeava, uma parte da semente caiu ao longo do caminho, e vieram as aves do céu e comeram-na.
Outras sementes caíram em terreno pedregoso, onde não encontraram muita terra; brotaram depressa, porque não tinham terreno profundo.
Mas, vindo o sol, queimou-se, e secou-se, porque não tinha raiz.
E outra caiu entre espinhos, e os espinhos cresceram e sufocaram-na.
Outras caíram em terra boa e deram fruto: Umas cem; outras sessenta, e outras trinta.
Quem tem ouvidos para ouvir, ouça."
Os discípulos aproximaram-se e perguntaram a Jesus: "Por que usas parábolas para falar com eles?"
Respondeu Jesus: "Porque a vós é dado compreender os mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não.
Porque àquele que tem se dará, e terá em abundância; mas aquele que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado.
Eis porque lhes falo em parábolas: para que, vendo, não vejam e, ouvindo, não ouçam nem compreendam.
E neles se realiza a profecia de Isaías, o qual diz: Com os ouvidos ouvireis, e não entendereis; com os olhos olhareis, e não enxergareis.
Porque o coração deste povo tornou-se duro: taparam os ouvidos, fecharam os olhos, para que os olhos não vejam, os ouvidos não ouçam, os corações não entendam e se convertam e assim eu os cure.

Mas, quanto a vós, bem aventurados os vossos olhos, porque vêem! Ditosos os vossos ouvidos, porque ouvem!
Eu vos declaro, em verdade: muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes e não o viram, ouvir o que ouvis e não ouviram.

Ouvi, pois, vós a parábola do semeador.
Todo aquele que ouve a Palavra do Reino, mas não a entende, vem o maligno e rouba o que lhe foi semeado no coração. Esse é o que recebeu a semente ao longo do caminho.
Aquele que recebeu a semente num terreno pedregoso, é quem ouve a Palavra, e a recebe prontamente com alegria;
mas não tem raíz dentro de si, é inconstante. E quando chega uma tribulação ou perseguição por causa da Palavra, logo desanima.
Aquele que recebeu a semente entre espinhos, é o que ouve a Palavra, mas os cuidados deste mundo e a sedução da riqueza sufocam a Palavra, que assim não produz fruto.
E aquele que recebeu a semente em boa terra é o que ouve a Palavra e a compreende. Esse dá fruto e produz ora cem, ora sessenta, ora trinta."
Jesus propôs-lhe outra parábola: “O Reino dos Céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo.
Mas dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou o joio no meio do trigo, e retirou-se.
Quando cresceu o trigo, e produziu fruto, então apareceu também o joio.
E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor não semeaste tu no teu campo boa semente? Por que tem, então, joio?
E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo?
Não, disse ele; arrancando o joio arriscais a tirar também o trigo.
Deixai crescer ambos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros; colhei primeiro o joio e atai-o em molhos para o queimar; mas o trigo, ajuntai-o no meu celeiro.”

(Mateus 13:1-30)


Olhei ainda e vi: Uma nuvem branca sobre a qual estava sentado alguém parecido a um filho de homem. Tinha uma coroa de ouro na cabeça e uma foice afiada na mão.
Um outro anjo saiu do Templo gritando em alta voz ao que estava sentado sobre a nuvem: "Lança a tua foice e ceifa, porque chegou a hora da ceifa, e a seara da Terra já está madura."
Então, aquele que estava sentado sobre a nuvem lançou a foice sobre a Terra e a Terra foi ceifada.
Depois saiu do Templo que está no céu um outro anjo, que também tinha uma foice afiada.
E saiu do altar outro anjo, que tinha poder sobre o fogo, e gritou em alta voz àquele que tinha a foice afiada: "Lança a foice afiada e vindima os cachos da vinha da Terra, porque as suas uvas já estão maduras."
O anjo lançou a foice à Terra, vindimou as uvas da vinha e lançou-as no grande lagar da ira de Deus.
O lagar foi pisado fora da cidade, e dele saiu sangue que subiu até a altura do freio dos cavalos, numa extensão de trezentos quilômetros.

(Apocalipse 14:14-20)


E lhes propôs outra parábola, dizendo: "É semelhante o Reino dos Céus a um grão de mostarda, que um homem tomou e semeou no seu campo.
É de fato a menor de todas as sementes. Quando porém cresce, é maior do que todas as hortaliças, e torna-se árvore, a ponto de as aves do céu irem habitar em seus ramos."

(Mateus 13:31-32) Jesus


Portanto, assim diz o Senhor Jeová: “Eis que eu assentei em Sião, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.”

(Isaías 28:16)


Disse-lhes outra parábola: “O Reino dos Céus é semelhante ao fermento que uma mulher toma e mistura em três medidas de farinha, até que tudo esteja fermentado."

(Mateus 13:33)


E, ao terceiro dia, fizeram-se umas Bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.
E foram também convidados Jesus e os seus discípulos para as Bodas.
E, faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse:“Não tem vinho.”
Disse-lhe Jesus: "Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.

(João 2:1-4)


Tudo isso disse Jesus por parábolas à multidão e nada lhes falava sem parábolas,
a fim de que se cumprissem o que estava anunciado pelo profeta, que diz: “Abrirei em parábola a minha boca, e revelarei coisas que ficaram ocultas desde a criação do mundo”
Então, tendo despedido a multidão, foi Jesus para casa. E chegaram ao pé dele os seus discípulos, dizendo: "Explica-nos a parábola do joio do campo."
E ele, respondendo, disse-lhes: "O que semeia a boa semente é o Filho do Homem,
o campo é o MUNDO, a boa semente são os filhos do Reino, e o joio são os filhos do Maligno.
O inimigo que o semeou é o Diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos.
Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo.
Mandará o Filho do Homem os seus anjos, e eles colherão do seu Reino tudo o que causa escândalo e os que cometem iniquidade.
E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali, haverá pranto e ranger de dentes.
Então, os justos resplandecerão como o sol, no Reino de Seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça."

(Mateus 13:34-43)


Então, o Senhor Deus disse à serpente: "Porquanto fizeste isso, maldita serás mais que toda besta e mais que todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás e pó comerás todos os dias da tua vida.
E porei inimizade entre ti e a MULHER e entre a tua semente e a sua semente..."

(Gênesis 3:14-15a)


"É semelhante o Reino dos Céus a um tesouro escondido no campo; um homem o encontra e aí o deixa escondido, e, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem, e compra esse campo.
É ainda semelhante o Reino dos Céus a um mercador que sai à procura de pérolas raras.
Encontrando uma pérola de grande valor, vai, vende tudo o que tem, e a compra."

(Mateus 13:44-46) Jesus


Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como a prata e o ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos vossos pais,
mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,
predestinado já antes da criação do mundo, porém manifestado nos últimos tempos, por amor de vós.

(1Pedro 1:18-20) Pedro


Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus.
Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.

(Filipenses 2:6-8) Paulo


... Cordeiro, que foi imolado desde o princípio do mundo.

(Apocalipse 13:8b)


"O Reino dos Céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie.
Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta.
Assim Acontecerá no fim dos tempos; os anjos virão para separar os homens maus dos que são bons.
E lançá-los-ão na fornalha de fogo. Ali haverá choro e ranger de dentes."

(Mateus 13:47-50) Jesus


Quando vier o Filho do Homem na sua glória, e com ele todos os seus anjos, sentar-se-á então no trono da sua glória;
e todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas.
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: "Vinde, benditos de Meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
estava nu, e vestistes-me; adoeci e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me."
Perguntar-lhe-ão os justos: "Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, com sede e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos?
E quando te vimos doente ou na prisão, e fomos te visitar?"
E, respondendo o Rei, lhes dirá: "Em verdade vos digo que, quando o fizeste a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes."

Então, dirá também aos que estiverem à sua esquerda: "Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos;
porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;
sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e estando enfermo e na prisão, não me visitastes."
Então, eles também lhe responderão, dizendo: "Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão e não te servimos?"
Então, lhes responderás, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.
E irão estes para o tormento eterno,
mas os justos, para a vida eterna."

(Mateus 25:31-46)


E disse-lhes Jesus: "Entendestes todas estas coisas?" Disseram-lhe eles: "Sim, Senhor."
E ele disse-lhes: "Por isso, todo escriba instruído acerca do Reino dos Céus é semelhante a um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas."

(Mateus 13:51-52)


Dizia-lhes também: “Em verdade vos digo, dos que aqui estão, alguns há que não provarão a morte sem que vejam chegado o Reino de Deus com poder.”
Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, e os levou sozinhos a um monte alto e afastado. E transfigurou-se diante deles.
E as suas vestes tornaram-se resplandecentes, em extremo brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra as poderia branquear.
E apareceram-lhes Elias e Moisés e falavam com Jesus.
Pedro tomou então a palavra e disse a Jesus: “Mestre, é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias.”
Pois não sabia o que dizia, porque estavam assombrados.
E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz, que dizia: “Este é o Meu Filho amado; a ele ouvi.”

(Marcos 9:1-7)


Não julgueis que vim destruir a Lei ou os profetas. Não os vim destruir, mas sim para os cumprir.
Porque, em verdade, vos digo: Até que passem o céu e a Terra, não passará um só jota ou um só ápice da Lei, sem que tudo se cumpra.
Aquele que violar um destes Mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos Céus. Mas aquele que guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos Céus.
Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos Céus.

(Mateus 5;17-20) Jesus


E é mais fácil passar o céu e a Terra do que cair um til da Lei.

(Lucas 16:17) Jesus


E, indo, pregai, dizendo: "É chegado o Reino dos Céus."

(Mateus 10:7) Jesus



Frutos Maduros >>
Menu
Menu Principal
<< A Pedra Fundamental

^