O SURDO MUDO


  • Os interesses humanos criam tradições que anulam os Mandamentos de Deus
  • Os fariseus não comem o pão sem lavar as mãos
  • A pagã que comeria as migalhas de pão caídas no chão
  • Deus arrojará para longe os que distorcem suas Palavras



Reuniram-se em volta de Jesus os fariseus e alguns dos escribas, vindos de Jerusalém.
E perceberam que alguns dos seus discípulos comiam o pão com as mãos impuras, isto é, sem as lavar.
Porque os fariseus e todos os judeus, apegados que são à tradição dos antepassados, não comem sem primeiro lavar cuidadosamente as mãos,
e quando vêm da praça pública não comem sem se purificarem; e praticam muitas outras observâncias tradicionais, como lavar os copos, os jarros, os vasos de metal e os leitos.
Perguntavam-lhe por isso os fariseus e escribas: "Por que os teus discípulos não andam conforme a tradição dos antigos, e comem pão com mãos impuras?"

E ele, respondendo, disse-lhes: "Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.
Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos de homens.

Porque, deixando o Mandamento de Deus, observais cuidadosamente a tradição dos homens,
purificando os jarros, e os copos. E assim fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas."
E Jesus acrescentou: "Na realidade, invalidais o Mandamento de Deus para estabelecer a vossa tradição."

(Marcos 7:1-9)


Não dêem ouvidos às fábulas judaicas, nem aos mandamentos dos homens que se afastam da verdade.
Para os puros todas as coisas são puras. Para os corruptos e descrentes nada é puro: até a sua mente e consciência são corrompidas.
Eles dizem que conhecem a Deus, mas negam isso com os próprios atos, pois são cheios de ódio, desobedientes e incapazes de fazer qualquer obra boa.

(Tito 1:14-16) Paulo


"Porque Moisés disse: Honra teu pai e tua mãe. E todo o que amaldiçoar seu pai ou sua mãe, seja punido de morte.
Porém vós dizeis: Se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: É oferta a Deus qualquer coisa minha que te possa ser útil;
e lhe não deixais fazer nada em favor de seu pai ou de sua mãe,
invalidando, assim, a Palavra de Deus, por causa de uma tradição de que vós mesmos fostes os autores. E fazeis ainda muitas coisas mais, semelhantes a esta."
E, chamando outra vez a multidão, disse-lhes: "Ouvi-me, vós todos, e compreendei.
Nada há fora do homem, que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele, isso é que contamina o homem.
Se alguém tem ouvidos de ouvir, ouça."
E, entrando em casa, longe da multidão, perguntaram-lhe seus discípulos, qual era o sentido desta parábola.
E ele disse-lhes: "Assim também vós estais sem entendimento? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar,
porque não lhe entra no coração, mas vai no estômago, e por fim vai terminar numa fossa?"
E dizia: "O que sai do homem, isso é que contamina o homem.
Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios,
os furtos, a avareza, as maldades o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura.
Todos esses males procedem de dentro e contaminam o homem."
Partindo daí, foi para os lados de Tiro e Sidônia. Entrando em uma casa, não quis que ninguém o soubesse, mas não pode ficar despercebido,
porque uma mulher, que tinha uma filha possessa do espírito imundo, logo que ouviu falar de Jesus, entrou e prostrou-se a seus pés.
Era mulher pagã, siro-fenícia de nascimento. E suplicava-lhe que expulsasse de sua filha o demônio.
Mas Jesus disse-lhe: "Deixa primeiro saciar os filhos, porque não convém tomar o pão dos filhos e lançá-los aos cachorrinhos."
Ela, porém, respondeu e disse-lhe: "Sim Senhor; mas também os cachorrinhos comem, debaixo da mesa, as migalhas dos filhos."
Jesus respondeu-lhe: "Por causa desta palavra, vai-te, que saiu o demônio de tua filha."
Voltou ela para casa e achou a menina deitada na cama. O demônio havia saído.
Jesus, tornando a sair dos confins de Tiro, foi por Sidônia ao mar da Galiléia, atravessando o território da Decápole.
Conduziram-lhe então um surdo-mudo e lhe suplicavam que impusesse a mão sobre ele.
Levando-o à parte, afastado da turba, colocou os dedos nos ouvidos dele, e pôs da própria saliva na língua dele,
e, olhando para o céu, suspirou e disse-lhe: "Efatá!" que significa: "Abre-te!"
Imediatamente se lhe abriram os ouvidos, soltou-se-lhe a prisão da língua e falava claramente.
E mandou-lhes que a ninguém o dissessem. Porém, quanto mais Jesus proibia, tanto mais eles o publicavam.
cheios de admiração, diziam: "Tudo fez admiravelmente. Fez ouvir os surdos e falar os mudos."

(Marcos 7:10-37)


Não são as Minhas Palavras como um fogo, diz o Senhor, e como um martelo que quebra a pedra?
Portanto, eis que eu sou contra os profetas diz o Senhor, que furtam as Minhas Palavras cada um ao seu companheiro.
Eis que sou contra os profetas, diz o Senhor, que usam de sua língua e dizem: "Ele disse."
Eis que sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o Senhor e o contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com as suas leviandades; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem e não trouxeram proveito nenhum a este povo, diz o Senhor.
Se te perguntar, pois, este povo, ou um profeta, ou um sacerdote, dizendo: "Qual é o peso do Senhor?" Tu lhes dirás:
Vós sois o peso, porque eu vos ei de arrojar para longe de mim, diz o Senhor.

(Jeremias 23:29-33)


... a cada um lhe servirá de peso a sua própria palavra. Vós torceis as Palavras do Deus vivo, do Senhor dos Exércitos, o Nosso Deus.

(Jeremias 23:36b)


Servo algum pode servir a dois senhores; ou há de aborrecer a um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro."
Ora os fariseus, que eram amigos do dinheiro,
ouviam todas estas coisas e zombavam dele.
Jesus disse-lhes: "Vós sois aqueles que pretendeis passar por justos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações...

(Lucas 16:13-15a)


Amados, não creais em todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.

(1João 4:1) João Evangelista


Porque sabei-o bem: nenhum dissoluto, ou impuro, ou avarento - verdadeiros idólatras! - terá herança no Reino de Cristo e de Deus.
E ninguém vos seduza com vãos discursos. Estes são os pecados que atraem a ira de Deus sobre os rebeldes,
não vos comprometais com eles.

Porque outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor. Andai como filhos da luz,
porque o fruto da luz consiste na bondade, na justiça e na verdade.
Examinando o que é agradável a Deus,
e não tenhais cumplicidade nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, condenai-as abertamente.
Porque aquilo que eles fazem ocultamente é até vergonhoso dizê-lo.
Mas todas essas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta.

(Efésios 5:5-13) Paulo


Porque o desobedecer é como um pecado de magia e o não querer submeter-se é como o crime de idolatria. Porque, pois, tu rejeitaste a Palavra do Senhor, o Senhor te rejeitou a ti...

(1Samuel 15:23a) Samuel



A Lepra de Giezi >>
Menu
Menu Principal
<< O Devorador

^