SIMÃO, FILHO DE JOÃO, TU ME AMAS?... APASCENTA AS MINHAS OVELHAS.
(João 21:15b) Jesus



  • Jesus aparece aos seus discípulos
  • Simão Pedro reconhece seu pecado
  • Os 153 grandes peixes pescados
  • O amor de Jesus pelos católicos arrependidos
  • Jesus pede para Simão apascentar o seu rebanho
  • Pedro anda sobre as águas, isto é; enfrenta a multidão de povos
  • Os judeus, primeiros servos de Deus que não se contaminaram com a idolatria



O Senhor se torna íntimo dos que o temem, e lhes manifesta a sua Aliança.

(Salmos (24)25:14) Davi


Depois disto, Jesus manifestou-se outra vez aos discípulos junto ao mar de Tiberíades e manifestou-se assim:
Estavam juntos Simão Pedro, e Tomé, chamado Dídimo, e Natanael, que era de Caná da Galiléia, e os filhos de Zebedeu, e outros dois dos seus discípulos.
Disse-lhes Simão Pedro: “Vou pescar.” Responderam-lhe eles: “Também nós vamos contigo.” Partiram e entraram na barca. NAQUELA NOITE, porém, nada apanharam.
E, sendo já manhã, Jesus se apresentou na praia, mas os discípulos não conheceram que era Jesus.
Disse-lhes, pois, Jesus: “Filhos, tendes alguma coisa de comer?” Responderam-lhe: “Não.”
Disse-lhes ele: “Lançai a rede ao lado direito da barca e achareis.” Lançaram-na, e já não podiam arrastá-la por causa da grande quantidade de peixes.
Então aquele discípulo a quem Jesus amava, disse a Pedro: “É o Senhor.” Simão Pedro, ao ouvir dizer que era o Senhor, cingiu-se com a túnica (porque estava nu), e lançou-se ao mar.

(João 21:1-7)


E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e escondeu-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.
E chamou o Senhor Deus a Adão e disse-lhe: “Onde estás?”
E ele disse: “Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.”

(Gênesis 3:8-10)


Porque a Palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
Não existe criatura que possa esconder-se de Deus; tudo fica nu e descoberto aos olhos dele, e a ele devemos prestar contas.

(Hebreus 4:12-13)


E os outros discípulos, que estavam distantes da terra, quase duzentos côvados, vieram na barca, trazendo a rede de peixes.

(João 21:8)


Estejam cingidos os vossos rins E ACESAS AS VOSSAS LÂMPADAS.
E sede vós semelhantes aos homens que esperam o seu senhor, quando houver de voltar das bodas, para que, quando vier e bater, logo possam abrir-lhe.
Bem aventurados aqueles servos a quem o senhor achar vigiando quando vier. Na verdade eu vos digo que ele se cingirá e os fará sentar à mesa, e, passando por entre eles, os servirá.
E, se vier na segunda vigília, e se vier na terceira vigília, e os achar assim, bem aventurado são os tais servos.
De uma coisa ficai portanto cientes: Se o pai de família soubesse a que horas chegaria o ladrão, sem dúvida ficaria vigilante e não permitiria que fosse arrombada sua casa.
Estai preparados, vós também, porque o Filho do Homem chegará na hora em que menos pensais."
Pedro disse-lhe: "Senhor, é para nós que dizes esta parábola ou é para todos igualmente?"
Respondeu o Senhor: "Qual será o administrador fiel e prudente, que o patrão constituiu sobre os de sua criadagem, a fim de lhes dar em tempo oportuno a porção de trigo?

Bem aventurado aquele servo a quem, quando o senhor vier, achar procedendo assim.
Em verdade vos digo que o porá à frente de todos os seus bens.
Mas, se aquele administrador disser consigo mesmo: O meu senhor tarda em vir, e começar a espancar servos e servas, a comer, a beber e a embriagar-se,
o senhor daquele servo chegará no dia em que menos espera e a uma hora que não sabe; então, pô-lo-á de parte, fazendo-o partilhar da sorte dos infiéis.
O servo que, conhecendo a vontade do seu senhor, não se preparou e não agiu conforme os seus desejos, será castigado com muitos açoites.
Aquele, porém, que, sem a conhecer, faz coisas dignas de açoites, apenas receberá alguns. A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito se lhe pedirá.
Eu vim trazer fogo à Terra; e que hei de querer senão que ele se acenda?

(Lucas 12:35-49) Jesus


Logo que saltaram em terra, viram umas brasas preparadas, (Elias) e um peixe em cima delas, (Moisés) e pão. (Jesus, a Palavra de Deus)
Disse-lhes Jesus: “Trazei alguns dos peixes que acabais de pescar.”
Simão Pedro subiu à barca e puxou a rede para a terra, cheia de (¹)cento e cinquenta e três grandes peixes; e, sendo tantos, não se rompeu a rede.

(João 21:9-11)


Aconteceu que, comprimindo-se as multidões em volta dele para ouvir a Palavra de Deus, ele estava junto do lago de Genesaré.
Viu duas barcas paradas na margem do lago, pois os pescadores tinham desembarcado e lavavam as redes.
Entrou numa das barcas, que era de Simão, pediu-lhe que se afastasse um pouco da terra e, sentando-se, pôs-se a ensinar, da barca, a multidão.
E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar.
E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a NOITE, nada apanhamos; mas, sobre a tua Palavra, lançarei a rede.
E, fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes, e rompia-se-lhes a rede.
E fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que os fossem ajudar. E foram, e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique.
Ao ver isto, Simão caiu aos pés de Jesus, dizendo: “Afasta-te de mim, Senhor, porque sou um homem pecador!”
Pois que o espanto se apoderara dele e de todos os que com ele estavam, por causa da pesca que haviam feito,
e, de igual modo, também de Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram companheiros de Simão. E disse Jesus a Simão: “Não temas, de agora em diante, serás pescador de homens.”

(Lucas 5:1-10)


Disse-lhe Jesus: “Vinde e comei.” E nenhum dos discípulos ousava perguntar-lhe: “Quem és tu?” Pois sabiam que era o Senhor.
Aproximou-se Jesus, tomou o pão, e lhes deu, e assim também o peixe.
Esta foi a terceira vez que se manifestou Jesus aos seus discípulos, depois que ressuscitou dos mortos.

(João 21:12-14)


As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim.
Elas renovam-se todas as manhãs; grande é a tua fidelidade.

(Lamentações 3:22-23)



Porque isto diz o Excelso, e o sublime que habita na eternidade, cujo nome é santo: “Em um alto e santo lugar habito e também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o coração dos contritos.”

(Isaías 57:15)


Um fariseu convidou Jesus a ir comer com ele. Jesus entrou na casa dele e pô-se à mesa.
Eis senão quando uma mulher, que era na cidade uma pecadora, logo ao saber que Jesus estava à mesa em casa do fariseu, levou uma ânfora de alabastro cheia de bálsamo.
E, ficando atrás, junto aos pés dele, a chorar, começou a banhar-lhe os pés com lágrimas, e a enxugá-los com os próprios cabelos. Beijava-lhe repetidamente os pés e ungia-os com perfume.
E ao presenciar isto, o fariseu, que o tinha convidado, dizia consigo mesmo: “Se este homem fosse profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que o toca, pois é pecadora.”
E, respondendo, Jesus disse-lhe: “Simão, uma coisa tenho a dizer-te.” E ele disse: “Dize-a Mestre.”
“Um certo credor tinha dois devedores; um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro, cinquenta.
E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois: qual deles o amará mais?"
Respondendo Simão, disse: “Creio que aquele a quem o credor perdoou maior quantia.” E Jesus lhe disse: “Julgaste bem.”
E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: “Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés; ela, porém, banhou-me os pés com as suas lágrimas e enxugou-os com os seus cabelos.
Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés.
Não ungiste com óleo a minha cabeça; e esta com bálsamo ungiu os meus pés.
Por isso, te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.”
Disse, depois, à mulher: “Os teus pecados estão perdoados.”
E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: “Quem é este que até perdoa pecados?”
Mas Jesus, dirigindo-se à mulher, disse-lhe: “Tua fé te salvou; vai em paz.”

(Lucas 7:36-50)


Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, da qual ninguém se arrepende; mas a tristeza do mundo opera a morte.

(2Coríntios 7:10) Paulo


Depois que eles comeram, disse Jesus a Simão Pedro: “Simão, filho de João, tu me amas mais que estes?” ”Sim, Senhor, respondeu ele, tu sabes que eu te amo.” “Apascenta os meus cordeiros,” acrescentou Jesus.
Voltou a dizer-lhe segunda vez: “Simão, filho de João, tu me amas?” Ele respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo.” Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas.”
Perguntou-lhe pela terceira vez: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: “Tu me amas?” E respondeu-lhe: “Senhor, tu sabes tudo, tu bem sabes que te amo.” Jesus disse-lhe: “Apascenta as minhas ovelhas.
Na verdade, na verdade te digo que, quando eras mais moço, te cingias a ti mesmo e andavas por onde querias; mas, quando já fores velho, estenderás as mãos, e outro te cingirá e levará para onde tu não queiras.”
E disse isso significando com que morte havia ele de glorificar a Deus. E, dito isso, disse-lhe: “Segue-me."
Pedro virou-se e viu atrás de si aquele outro discípulo que Jesus amava, e que na ceia havia repousado sobre o seu peito, e tinha perguntado: "Senhor, quem é que te há de trair?"
Quando Pedro viu aquele discípulo, perguntou a Jesus: "Senhor, o que vai acontecer a ele?"
Respondeu-lhe Jesus: "Assim eu quero que ele permaneça até que eu venha, e que te importa isso? Segue-me tu."
Espalhou-se por isso entre os irmãos esse boato de que o tal discípulo não morreria. Jesus, porém, não dissera a Pedro que aquele não morreria, mas: "Assim eu quero que ele permaneça até que eu venha, e que te importa isso?"

(João 21:15-23)


“Simão, Simão, eis que Satanás vos procurou para vos peneirar como o trigo.
Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.”
Então ele disse: "Senhor, estou pronto a ir contigo até à prisão e à morte."
Mas ele disse: "Digo-te, Pedro, que não cantará o galo antes que três vezes negues que me conheces."

(Lucas 22:31-34)


A barca ia já no meio do mar, açoitada pelas ondas, pois o vento era contrário.
Porém na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando sobre o mar.
E os discípulos, vendo-o caminhar sobre o mar, assustaram-se dizendo: “É um fantasma.” E gritaram, com medo.
Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: “Tende bom ânimo, sou eu; não temais.”
Pedro tomou a palavra e falou: “Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti.”
Disse-lhe Jesus: “Vem!” Pedro, descendo da barca, andava sobre as águas e chegou até Jesus.

Vendo porém que o vento era forte, teve medo, e, começando a afundar, bradou: “Senhor, salva-me!”

(Mateus 14:24-30)

Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.

(Isaías 41:10)


Jesus, estendendo logo as mãos, segurou-o e disse-lhe: “Homem de pouquíssima fé, porque duvidaste?"
Logo que entraram na barca, cessou o vento.
Então aqueles que estavam na barca prostraram-se diante dele e disseram: “Tu és verdadeiramente o Filho de Deus.”

(Mateus 14:31-33)


E disse me: "As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos e multidões, nações e línguas."

(Apocalipse 17:15)


Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado; porque não crê no Nome do Filho Único de Deus.

(João 3;17-18)


... e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.

(Apocalipse 19;13b)


E, tendo passado para a outra banda, chegaram à terra de Genesaré.
As pessoas do lugar o reconheceram e mandaram anunciar por todos os arredores. E lhe apresentaram todos os enfermos
e rogaram-lhe que, ao menos, eles pudessem tocar a orla da sua veste; e todos os que a tocavam ficavam sãos.

(Mateus 14:34-36)


E falou o Senhor a Moisés, dizendo:
"Fala aos filhos de Israel e dize-lhes que nas bordas das suas vestes façam franjas, pelas suas gerações; e nas franjas das bordas porão um cordão azul.
Fareis essas bordas para que, vendo-as, vos recordeis de todos os Mandamentos do Senhor, e os pratiqueis, e não vos deixeis levar pelos apetites de vosso coração e de vossos olhos que vos arrastam à infidelidade.
Desse modo, vós vos lembrareis de todos os meus Mandamentos, e os praticareis, e sereis consagrado ao Vosso Deus.
Eu sou o Senhor Vosso Deus, que vos tirei do Egito para ser o Vosso Deus. Eu sou o Senhor Vosso Deus."

(Números 15:37-41)


Assim diz o Senhor dos Exércitos: “Ainda sucederá que virão povos e habitantes de muitas cidades;
e os habitantes de uma cidade irão à outra, dizendo: Vamos depressa suplicar favor do Senhor e buscar o Senhor dos Exércitos; eu também irei.”
Assim, virão muitos povos e poderosas nações buscar, em Jerusalém, o Senhor dos Exércitos e suplicar a bênção do Senhor.
Assim diz o Senhor dos Exércitos: “Naquele dia, sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla da veste de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.”

(Zacarias 8:20-23)


E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o Monte Sião, e com ele (²)cento e quarenta e quatro mil, que em sua testa tinham escrito o Nome dele e o de seu Pai.
Ouvi uma voz do céu, como o rumor de muitas águas e como o estrondo de um grande trovão. A voz que ouvi, era como de tocadores de cítara que tocavam as suas cítaras.
Cantavam um cântico novo diante do trono, diante dos quatro animais e dos anciãos. Ninguém podia cantar este cântico, senão aqueles cento e quarenta e quatro mil, que foram resgatados da Terra.
Estes são os que não se contaminaram com mulheres, porque são virgens...

(Apocalipse 14:1-4a)


... que tenho eu contigo?...

(João 2:4b) Jesus


... São eles que acompanham o Cordeiro por onde quer que vá, resgatados de entre os homens, como primícias oferecidas a Deus e ao Cordeiro.
E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis diante do trono de Deus.

(Apocalipse 14:4b-5)




(¹) 153 = 1 + 5 + 3 = 9
(²) 144 = 1 + 4 + 4 = 9
      9 + 9 = 18 
      1 + 8 = 9
                                            (M. Freire)


Tu és Pedro >>
Menu
Menu Principal
<< Jesus perdoa a Igreja Católica

^